in

Mulher se ofende e processa vizinho por algo que muita gente gosta de fazer

Reprodução/9 news
Publicidade

Uma mulher chamada Cilla Carden, que mora em Perth, Austrália, decidiu entrar com um processo na justiça contra seus próprios vizinhos por um motivo bem inusitado. O motivo da queixa foi que o ato dele a deixar muito ofendida.

Cilla, que é vegana, pediu à justiça que os vizinhos parem de fazer churrasco na casa deles, pois o cheiro da carne queimando acaba indo para sua casa, causando para a jovem uma grande ofensa. E as exigências da moça não acabam por isso.

Além do churrasco, ela também pediu que os vizinhos recebam ordem para diminuir a intensidade da luz, manter os cachorros quietos e não plantar muitas plantas no jardim. Todos esses desejos foram protocolados no processo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Ao canal, 9 News, Cilla deu um depoimento falando sobre como se sente: “Tem sido devastador, uma turbulência, um desassossego, não consigo dormir. Não posso mais aproveitar o meu jardim. Não vou lá.“. S

O processo que foi protocolado em março, só foi julgado pela justiça agora. O juiz responsável pelo caso, decidiu indeferir a ação e concluiu que a família processada está apenas vivendo sua vida, por isso possuem o direito de fazerem o ato no espaço deles.

Ainda segundo o juiz, Peter Quinlan, “As 400 páginas de evidências foram um excesso tendo em vista a proporção dos pedidos. O que a família está fazendo é apenas vivendo em suas casas como uma família.“. Entretanto a medida e a posição tomada por ele não agradaram muito à Cilla Carden, que disse recorrer o processo.

Publicidade
Publicidade