in

Menina de 4 anos é espancada até a morte por fazer xixi na cama, e detalhes são estarrecedores

Foto/Reprodução: G1
Publicidade

Alguns casos criminais acabam chocando toda a sociedade. Um caso que ocorreu no México, por exemplo, acabou repercutindo em todo o mundo. Uma menina de quatro anos, de nome Lupita, acabou sendo morta por apenas fazer xixi na cama. O padrasto, Pablo, e a mãe da criança, Yadira, teriam espancado a menina até que essa falecesse. 

Publicidade

A BBC Brasil fez uma reportagem sobre a situação. Os detalhes da morte de Lupita são estarrecedores. O corpo dela teria sido encontrado enrolado em um cobertor. Ela estava vestindo apenas as roupas que usava quando dormia e acabou se urinando. A situação é comum em crianças da idade de Lupita. 

Publicidade

Fotos do corpo da menina, mostrando apenas os seus pés com as meias vermelhas fez com que o caso ficasse conhecido como o caso da menina das meias vermelhas. A morte de Lupita ocorreu em maio de 2017, mas apenas agora, dois anos depois, quem deveria cuidar dela foi condenado. 

A mãe da menina e o padrasto foram condenados por feminicídio. A pena dos dois é de 88 anos de prisão. Para a justiça, mãe e padrasto foram considerados culpados pelo falecimento de Lupita. Antes da morte, ela já sofria alguns abusos, como ficou comprovado em exames de corpo de delito, mostrando que a menina tinha “várias lesões e não foi reivindicado por ninguém”. 

Publicidade

Nem mesmo uma certidão de nascimento a menina tinha. Apenas após sua morte, um juiz mandou que fosse registrada a garota. Uma das maiores dificuldades do caso foi saber onde o corpo de Lupita estava sepultado. Após o achado, ficou mais fácil provar o que ocorreu. 

Ambos os presos confirmam que a menina havia feito xixi e como foi repreendida não parava de chorar. Pablo teria espancado a menina até a morte, porém a mãe não o teria impedido. 

Publicidade

Leia Também

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Sucesso de audiência, novela O Clone ganhará reprise na TV

Mercado da bola: São Paulo mira mais um reforço estrangeiro