in

10 erros que pais costumam cometer e podem ser perigosos aos filhos

Vekturbrektur / Reddit
Publicidade

Durante o crescimento das crianças é comum que muitos pais cometam alguns erros aparentemente inofensíveis aos pequenos, de maneira que nem percebam estar cometendo, entretanto esses erros podem prejudicar muito seus filhos. 

Com isso, também é normal que crianças sejam muito ativas e mesmo que os pais façam o estilo de “super protetor”, ás vezes acidentes acontecem nos lugares mais improváveis e dentro de casa. Por isso, ter atenção redobrada na fase de crescimento, é fundamental.

Publicidade

1-Praticar esportes perigosos

Apesar da prática de esportes proporcionar vários benefícios às crianças, deve-se ter muito cuidado com algumas atividades, que podem ser de alto impacto, como por exemplo futebol americano, MMA, boxe, rugby, hockey no gelo e luta livre. Esses são considerados perigos pois envolvem muitos golpes na cabeça, que pode causar danos ao cérebro. Além disso, a coluna também pode ser afetada, com o desenvolvimento de escoliose. 

2-Brincar em ambientes sujos

Geralmente brincadeiras em jardins, garagens e parquinhos são bem divertidas para as crianças, e não há problema, desde que após o momento de diversão, seja feito a higiene necessária dos filhos, pois lugares assim costumam ter a presença de materiais venenosos e tóxicos. 

Publicidade

3-Uso do tablet

Atualmente, muitos pais usam tablets e celulares como refúgio na hora de cuidar dos filhos, isso acontece, devido a praticidade que os aparelhos apresentam, porém, médicos não recomendam que isso seja feito, por diversos fatores, como por exemplo a luz emanada ao rosto das crianças é muito forte, sendo muito prejudicial aos olhos; outros motivos incluem constantes dores de cabeça, no pescoço e nos ombros; a medida que a exposição se torna frequente, atitudes de cansaço, falta de atenção e irritabilidade se tornam recorrentes. 

Publicidade

4-Desafio Chubby Bunny

Ao jogar o desafio, que consta em quem conseguir colocar a maior quantidade de marshmallows na boca e ao mesmo tempo, falar “chubby bunny”, deve-se manter atenção, pois casos de engasgos se tornaram comum entra as crianças.

5-Escorregar com o bebê 

Segundo a pediatra Diane Arnaout, escorregar com os pequenos no colo pode ser muito perigoso, pois o peso dos pais faz com que a descida no brinquedo seja mais rápida do que se a criança estivesse sozinha, e numa velocidade acelerada, se qualquer parte do corpo do pequeno, que ainda está se fortalecendo, escorregar pro lado, a torção pode ser gravíssima. 

6-Pular na cama elástica

A aquisição de trampolins em casa pode desencadear em ossos quebrados, traumas e lesões na cabeça, isso porque, uma vez que as crianças usam muito o brinquedo, sem moderação, desejam se desafiar mais, fazendo pulos arriscados.

7-Ficar em pé na cadeira:

Motivo mais recorrente em lesões infantis, as cadeiras são extremamente perigosas, pois não é fixa ao chão, e geralmente os pequenos costumam se mexer muito sobre ela, o que pode fazer com que a mesma caia e portanto podendo desencadear diversas fraturas a eles. A queda de cadeiras é a principal causa de traumatismo craniano. Não que seja proibido colocar eles sobre uma cadeira, mas necessita de atenção redobrada. 

8-Andar de bicicleta sem capacete

Andar de bicicleta é uma atividade que muitas crianças adoram, pois costumam se sentir livres e independentes, porém não se deve deixá-las sem proteção. Válido também para adultos, o uso do capacete previne traumas, em caso de queda. Em relação as crianças, o ideal, é que a atividade seja feita de modo familiar, para poder ir explicando algumas regras de segurança.

9-Criança sentada com os joelhos em W 

A posição em W é quando a criança senta com os joelhos pra frente e os pés pra trás, geralmente, muitas costumam ficar assim quando estão brincando, pois é confortável, entretanto se for recorrente a posição, ao longo do tempo, os pequenos podem sofrer impactos no desenvolvimento das pernas e nos ossos do quadril e no atrofiamento dos músculos, sobrecarregando as costas, pescoço e ombros. 

10-Brincar em parquinhos

Durante o período em que as crianças estão brincando, principalmente em parquinhos, não se recomenda que os pais desviem a atenção, pois muitas decidem se aventurar, escalando brinquedos de maneira perigosa.

Publicidade

Leia Também

Bebê nasce após 4 meses que a mãe teve morte decretada e todos ficam impressionados

Suposta tia de Eduardo Costa se joga na frente do carro após ele negar foto