Menino de 5 anos, que tinha câncer no corpo inteiro, está curado

Leia também

Atriz Fernanda de Freitas se defende após ser acusada de roubar farmácia: ‘Não sou bandido’

Famosa usou as redes sociais para relatar o caso e pediu por justiça após constrangimento.

Bebê nasce com duas bocas e precisa ser submetido a cirurgia bastante delicada

O problema foi detectado durante os exames pré-natais e felizmente tudo deu certo.

MIS-C: síndrome inflamatória da Covid-19 que causa complicações em crianças

A complicação rara era tida como Doença de Kawasaki está sendo melhor compreendida pelos médicos.

Gabriel Diniz: um ano após morte do cantor, mistério ainda não foi resolvido pela PF

Polícia Federal ainda não concluiu o inquérito que apura as circunstâncias do acidente que matou Gabriel Diniz.
Nado News
Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 8 anos, trabalho também como redator há cerca de 3 anos, o que fez despertar uma nova paixão. Tanto que, atualmente, sou graduando em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .
Publicidade

Uma criança de apenas 5 anos de idade teve o diagnóstico de um câncer que ia “do nariz aos joelhos”. O caso desta criança superou todas as expectativas da equipe médica que o atendeu, e está sendo considerado como um milagre por ele estar curado.

Freddy Wetherley teve um tipo de câncer muito raro em agosto de 2018, determinado como neuroblastoma. Os pais disseram que o menino sempre teve muita saúde, porém, começou a reclamar de uma dor na perna, só que eles não poderiam imaginar que seria algo tão grave.

Publicidade
Publicidade

Em uma entrevista concedida ao jornal britânico Daily Mail, a mãe dele, Alice Philips, disse que ele começou a reclamar de uma dor na região da barriga. Ao levar ele no hospital, foi constatado que ele tinha um tumor muito grande no estômago.

Publicidade

Freddy mora em Essex, na Inglaterra, junto com sua mãe, seu pai, Ricky Wetherley, e sua irmã de dois anos, Freya. O atendimento do menino foi redirecionado ao Great Ormond Street Hospital, em Londres.

Publicidade

Após descobrir o neuroblastoma e tumores em todo o seu corpo, o menino começou a realizar um tratamento imediatamente. Alice disse que ele fez quimioterapia por 70 dias, e perto do Natal fez um transplante de medula óssea. Em fevereiro aconteceu outra cirurgia para a retirada de tumores.

A mãe finaliza a entrevista dizendo que ele já está em remissão desde maio deste ano e que, na segunda semana deste mês de setembro, vai entrar na escolinha. “Nós não conseguimos acreditar que ele está tão bem, quando vimos os primeiros exames do câncer parecia que não havia esperanças. Ele realmente é nosso pequeno milagre”, finalizou a mãe de Freddy.