Papa Francisco fica preso em elevador e precisa ser ajudado por bombeiros

Leia também

Atriz Fernanda de Freitas se defende após ser acusada de roubar farmácia: ‘Não sou bandido’

Famosa usou as redes sociais para relatar o caso e pediu por justiça após constrangimento.

Bebê nasce com duas bocas e precisa ser submetido a cirurgia bastante delicada

O problema foi detectado durante os exames pré-natais e felizmente tudo deu certo.

MIS-C: síndrome inflamatória da Covid-19 que causa complicações em crianças

A complicação rara era tida como Doença de Kawasaki está sendo melhor compreendida pelos médicos.

Gabriel Diniz: um ano após morte do cantor, mistério ainda não foi resolvido pela PF

Polícia Federal ainda não concluiu o inquérito que apura as circunstâncias do acidente que matou Gabriel Diniz.
Nado News
Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 8 anos, trabalho também como redator há cerca de 3 anos, o que fez despertar uma nova paixão. Tanto que, atualmente, sou graduando em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .
Publicidade

Um caso inusitado envolvendo o Papa Francisco aconteceu na manhã deste domingo (1). Felizmente tudo acabou bem. Segundo noticiado em primeira mão pelo site Reuters, o sumo pontífice da igreja católica ficou preso em um elevador no Vaticano por cerca de 25 minutos. Por conta do incidente, ele foi auxiliado por bombeiros.

O Papa atrasou por 10 minutos o seu pronunciamento oficial, que faz toda semana na Praça de São Pedro. Na oportunidade, ele contou o que aconteceu e fez questão de saudar os bombeiros que o ajudaram neste momento.

Publicidade
Publicidade

Tenho que pedir desculpas”, informou ele no início de seu pronunciamento semanal. “Uma salva de palmas para os bombeiros”, disse o Papa, depois de explicar que aconteceu um problema na rede de energia elétrica no Vaticano e por conta disso ele ficou preso no elevador.

Publicidade

Após tudo resolvido e estar bem de saúde, o Papa aproveitou para comentar sobre a situação trágica na Amazônia, onde estão sendo registradas queimadas recordes, dizendo que a floresta está seriamente ameaçada.

Publicidade

Anúncio de novos cardeais

Ainda no seu pronunciamento semanal, o Papa falou que vai elevar para o nível de cardeal, serão 13 novos membros do clero. Dentre eles, serão 10 com menos de 80 anos de idade, podendo estar aptos a votar na escolha de um possível sucessor dele.

Há alguns nomes de religiosos bastante influentes nesta lista, como o padre jesuíta Michael Czerny, o arcebispo de Bolonha, Matteo Zuppi, o bibliotecário do Vaticano, José Tolentino Mendonça e Ambongo Besungu, arcebispo da República Democrática do Congo.