in

Luto automobilismo: mulher mais veloz do mundo morre tentando quebrar recorde de 819 km/h

Divulgação: Pinterest
Publicidade

Jessi Combs, de 39 anos, a piloto de carros de corrida que ganhou o título da mulher mais rápida em quatro rodas, depois de estabelecer um recorde com um carro a jato, morreu. Ela bateu o veículo enquanto tentava quebrar um recorde de velocidade em terra. Jessi morreu terça-feira no deserto de Alvord, no sudeste de Oregon.

Publicidade

Ela era uma excelente construtora, engenheira, motorista, fabricante e comunicadora científica, e lutava todos os dias para encorajar os outros com seu exemplo prodigioso“, disse Adam Savage, ex-apresentador do programa de televisão Mythbusters.

Publicidade

Jessi apareceu em vários episódios da série, enquanto o apresentador Kari Byron estava em licença de maternidade. Ela também apareceu como apresentadora em programas como All Girls Garage e Overhaulin.

A piloto se tornou a mulher mais rápida em quatro rodas no ano de 2013, quando participou do North American Eagle Supersonic Speed Challenger, quando estabeleceu um recorde de 642 km/h. Em outubro, ela estabeleceu um novo recorde de velocidade máxima de 819 km/ h em outra corrida. Na terça-feira, ela tentou quebrar esse recorde mais acabou morrendo.

Publicidade

Em 27 de agosto de 2019, aproximadamente às 16h, o Harney County Center recebeu uma ligação informando que um carro a jato tentando quebrar um recorde de velocidade em terra no deserto de Alvord havia caído e causou uma morte“, disse a polícia.

Jessi foi a primeira mulher a se registrar para qualquer evento do Ultra4 e The Race of Gentlemen.

Valerie Thompson, a primeira mulher a ultrapassar 489 km/h em uma motocicleta e a mulher mais rápida em duas rodas lamentou a morte da piloto nas redes sociais.

É com o coração pesado que eu passo a notícia de que Jessi Combs faleceu ontem enquanto tentava quebrar um recorde de velocidade terrestre. Eu também tive a chance de tentar esse disco, mas não foi a minha vez … isso bate em casa para mim. Godspeed, Jessi Combs.”, escreveu Valerie. As causas da morte da piloto estão sendo investigadas.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional, e nas horas vagas escrevo para o site 1News.