in

Valverde afasta um titular do Barcelona; e é amigo do Messi

Express
Publicidade

Ernesto Valverde precisou tomar suas primeiras decisões. O treinador iniciou sua campanha na Liga espanhola, nesta sexta-feira, e as coisas não correram bem. O Barcelona estreou na Liga com uma derrota, por 1 a 0, no San Mamés, contra o Atlético de Bilbau. Sem Messi, ainda lesionado, o Barça esteve longe do nível esperado, mas deu para perceber que Valverde quer mexer com a equipe este ano.

Publicidade

Certo é que, sem Messi, as coisas não são fáceis para o Barça, que criou muito pouco e fez poucos chutes no gol. Para agravar mais a agonia do Barça, o veterano Aduriz entrou no gramado para fazer a diferença e um minuto após ser chamado por seu treinador, fez um golaço para dar a primeira vitória da temporada para o Bilbau.

Publicidade

Primeiros escolhidos da temporada

A temporada só iniciou agora e o Barça tem muito tempo para recuperar esses pontos. Ainda assim, não há como negar: os primeiros sinais foram ruins. Valverde arriscou, e além de Messi, deixou fora de sua primeira convocatória, o goleiro Neto Murara, também por lesão, e depois algumas surpresas como Arturo Vidal, Arthur Melo, além dos jovens Jean-Clair Todibo e Moussa Wagué, por decisão técnica.
Philippe Coutinho também ficou fora, mas porque já estava acertando sua saída para o Bayern de Munique. 

Depois, no time, Valverde escalou um meio-campo também com algumas surpresas. Frenkie De Jong, junto com Carles Aleña e Sergi Roberto, sentando no banco os intocáveis da temporada passada, Busquets e Rakitic. Isso pode significar que Valverde poderia afastar jogadores como Vidal, Rakitic e até Busquets. Sobre Arthur, sua situação seria diferenciada e o craque brasileiro deve reentrar nas opções, assim que se recuperar totalmente. 

Publicidade

Papel secundário para alguns meias

A verdade é que as coisas não correram bem e, no segundo tempo, Valverde trocou Aleña por Rakitic. Ainda assim, tal como a situação de Coutinho, que ficou de fora, porque estava negociando com o Bayern, o mesmo pode passar com Vidal.

De acordo com o site Don Balón, o jogador poderia mesmo querer sair, percebendo que, esse ano, ele não teria as mesmas chances que na temporada passada. O jogador chileno poderia ter um papel mais secundário e Valverde preferiria sempre sua saída antes de Rakitic, um seu protegido. Messi é que não deve achar a menor graça, ele que se tornou um bom amigo de Vidal, durante esse ano. 

Publicidade

Leia Também

Luto: morre famosa atriz por doença no pulmão e causa tristeza na televisão

Aos 90 anos, Nathalia Timberg descobre preocupante doença e Globo toma difícil decisão