in

Tristeza! Avó do jogador Daniel não sabe que o neto foi assassinado e motivo surpreende

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net
Publicidade

Um caso surpreendente acerca da morte do jogador Daniel Corrêa veio à tona esta semana. Dona Anita, de 92 anos de idade, avó do atleta que foi morto em outubro de 2018, ainda não sabe que o seu neto foi assassinado. A idosa acredita que ele tenha morrido por um mal súbito enquanto estava treinando.

Ele esteve aqui sete dias antes e trouxe a menina (filha dele). Aí ele foi embora e eu falei: ‘Daniel, não vai não’. E ele falou: ‘Não, vó, amanhã eu tenho treino’. Eu desconfio que foi neste treino que ele morreu. Passou mal, acho que chegou a ir para o hospital, não sei, e morreu”, disse Dona Anita, ao conceder uma entrevista para o Primeiro Impacto, que vai ao ar no SBT.

Segundo informações da família da idosa, há um motivo para isso. Eles temem que ela passe mal e não aguente o choque ao saber a causa real da morte do rapaz. Tanto que para manter o real motivo em sigilo, a televisão na casa da idosa ficou desligada por 40 dias.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Dona Anita ainda lembra como ficou sabendo do acontecido, disse que estava deitada em sua cama de manhã e começou a ouvir que foi chegando muita gente. Ela perguntou o que estava acontecendo e seu irmão revelou que seu neto havia falecido, mas não revelou o motivo.

Relembre a morte de Daniel

O jogador foi morto no dia 27 de outubro do ano passado, após sair de uma festa em comemoração aos 18 anos de Allana Brites. O evento aconteceu em uma boate na cidade de Curitiba, Paraná.

Daniel foi degolado por Edison Brittes Júnior, pai de Allana, que confessou o crime. No carro em que o jogador estava sendo levado para ser assassinado ainda estava outras três pessoas. Segundo Edison, ele cometeu o crime pois Daniel teria tentado abusar de sua esposa e por isso começou a espancar o jogador ainda em sua casa.

Publicidade
Publicidade
Nado News

Escrito por Nado News

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 8 anos, trabalho também como redator há cerca de 3 anos, o que fez despertar uma nova paixão. Tanto que, atualmente, sou graduando em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail [email protected] .