in

Caso Daniel: ‘Ele procurou tudo isso’, revela Allana em 1ª entrevista bombástica

Fotomontagem: SBT/ Veja/Fernando B.

A morte do jogador Daniel Corrêa, que passou por times como o São Paulo, completa daqui a dois meses um ano. Nessa segunda-feira, 12 de agosto, vai ao ar um programa especial sobre a morte do atleta.

No Conexão Repórter, o apresentador Roberto Cabrini entrevistou Allana Brittes, filha de Edson Brittes, preso acusado pelo assassinato do jogador. Edson confessou o crime. 

Allana deixou a cadeia recentemente e, ao todo, ficou cerca de nove meses atrás das grades. Em uma entrevista para muitos bombástica, Allana diz que foi o próprio Daniel quem procurou o fim que teve, ser morto de forma cruel.

Ela também confessou que foi o seu pai quem matou o jogador. A versão de Edson é que ele pegou o futebolista no quarto de sua esposa usando apenas uma cueca. Daniel chegou a enviar fotos na cama com a mulher, enquanto essa aparece dormindo. 

Allana dá sua versão sobre noite em que pai matou jogador Daniel e acusa atleta de tentar abusar da sua mãe

Allana também é acusada de participar do crime. No caso dela, as acusações são de coação, corrupção de menor e fraude envolvendo processos.  A jovem, no entanto, ganhou o direito de responder à elas em liberdade.

“Naquele momento, eu precisava proteger o meu pai. Enquanto ele não se entregasse, eu precisava protegê-lo. Eu não tive participação nenhuma”, disse a jovem a Cabrini. 

“Ele (Daniel) entrou no quarto da minha mãe sem ser convidado. Quando eu entrei no quarto, eu vi o meu pai segurando o Daniel pelo pescoço em cima da cama dos meus pais, e o meu pai me disse: ‘Ele estava na minha cama, filha, tentando estuprar a sua mãe’, disse a jovem detalhando como tudo teria acontecido. 

Leia Também

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Juventus na frente por astro do Real Madrid e Zidane nem acredita

Real Madrid tem três operações para anunciar em poucas horas