in

Menino autista rejeitado em aniversário por amiga da mãe ganhará festa inesquecível

Arquivo pessoal/ Sara Onori
Publicidade

O menino Arthur, de apenas dois anos, virou assunto nas redes sociais nos últimos dias. O garoto tem autismo e foi rejeitado em uma festa de aniversário por uma mulher que dizia ser amiga da sua mãe.

Publicidade

A mensagem de WhatsApp foi postada pelo tio de Arthur. Rapidamente, viralizou o print em que a mulher dizia que não convidaria o garoto para a festa. Para piorar ainda mais, ela chamou Arthur de “problemático”.

Publicidade

O caso ocorreu em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. Um grupos de mães que se reúne pelo WhatsApp decidiu, diante do ocorrido, organizar uma festa para Arthur.

“A gente bem que podia se juntar e fazer uma festa para o Arthur né, o que vocês acham?”, comentou uma mãe no grupo. A mensagem chamou a atenção de Tatiana Marinho, de 39 anos, que possui um buffet em família e começou a organizar o evento.

Publicidade

“Vamos mostrar que diferente não é problemático”, disse ela. Tatiana contou que o grupo que as mães participam chama Aldeia Materna. Alguém postou o link da notícia amplamente divulgada na semana passada. “Foi quando começamos uma discussão e decidimos fazer uma festa para ele”, explicou Tatiana em entrevista ao G1.

Ela entrou em contato com a mãe de Arthur, Sara Onori, de 22 anos, e foi informada de que o menino gosta do Mickey. Este será o tema da festa, que está marcado para o dia 14 de agosto.

Os convites antecipados podem ser adquiridos por R$ 50 por pessoa. Não serão vendidos na hora e crianças a partir de quatro anos pagam. Sem dúvida nenhuma será um dia inesquecível para Arthur.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Martelo batido: Boselli realiza declaração e informa seu futuro em rede social

La Casa de Papel da vida real: homens assaltam Casa da Moeda no México e levam uma fortuna