in

Acidente envolvendo carro, caminhão e ciclistas deixa três mortos e vários feridos

Divulgação G1
Publicidade

Um grave acidente envolvendo um carro de passeio e um caminhão deixou três pessoas mortas. De acordo com as autoridades locais, a tragédia aconteceu na manhã de domingo (4), na BR-365, próximo a cidade de Macaúbas, em Patrocínio, no interior de Minas Gerais (MG). As primeiras investigações feitas pela polícia, apontaram que o veículo de passeio saiu da cidade Romaria com sentido a Patos de Minas.

Por rasões ainda desconhecidas, o motorista do carro perdeu o controle do veículo invadindo a pista ao contrário e bateu em um caminhão. Em seguida, invadiu uma ciclovia e atingiu um grupo de doze ciclistas. 

Com a batida, o motorista do carro e um cilista identificado como Rubens Eustáquio Lucas, de 44 anos, morreram na hora. De acordo com informações do site G1, cinco ciclistas ficaram feridos e foram levados para uma unidade médica mais próxima. No carro de passeio haviam quatro passageiros.

Publicidade

O motorista identificado como Fabrício Geraldo Gonçalves Alves, de 28 anos, que morreu antes mesmo do socorro chegar, e mais três pessoas que foram socorridas e levadas para o Pronto Socorro Municipal de Patrocínio, uma delas em estado grave. O condutor do caminhão não ficou ferido no acidente. 

Publicidade

Segundo informações do site Triangulo Notícias, um passageiro do carro de passeio, que foi socorrida em estado grave, não resistiu aos ferimento. A vítima foi identificada como Maria Aparecida Ferreira de Souza, tinha 55 anos.  

A polícia relatou que nesta época do ano, a BR-365 o fluxo de carro dobra. Devido a festa que acontece todos os anos na cidade de Romaria, que homenagem a Nossa Senhora da Abadia. A cidade de Romaria recebe vários fiéis de várias cidades para pagar suas promessas.  Um inquérito policial foi aberto para investigar as causas do acidente.   

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Francisco Nunes

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.