in

Conheça o cavalo que custa mais que um a Ferrari e uma Lamborghini juntas

Reprodução: G1
Publicidade

Campeão da 38ª Exposição Nacional do Mangalarga Marchador, realizado no último mês de junho em Belo Horizonte (MG), o cavalo Comandane Elfar surpreende pelo valor exorbitante: o animal está avaliado em R$ 8 milhões, se tornando o cavalo mais caro da atualidade logo em sua primeira participação em um concurso nacional. 

Com quatro anos de idade, o Mangalarga vale mais que dois carros de luxo juntos. No Brasil, uma Lamborghini Aventador S, com motor de 740 cavalos nais sai por menos R$ 4 milhões; enquanto uma Ferrarri 488 Spider com motor de 670 cavalos custa R$ 3,4 milhões. Quem quiser adquirir os dois carrões teria que desembolsar R$ 7,4 milhões, R$ 600 mil a menos que o valor de mercado de Comandante Elfar.

Com o título nacional, o Mangalarga passou a ser uma mina de ouro. Bom reprodutor, Comandante Elfar passará a ficar confinado numa baia especial batizada como central de embriões. Criadores interessados em fecundar suas éguas com o sêmen do campeão terão que fazer um alto investimento: uma dose de sêmen do animal, que pertence a um grupo de criadores de vários estados do Brasil, poderá custar até R$ 5 mil reais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Celeste Elgar, uma das campeãs do 37ª Exposição Nacional do Mangalarga Marchador, é uma das éguas mais cotadas para ser fecundado pelo atual campeão. Avaliada em R$ 2 milhões, a égua recebe uma série de cuidados especias para evitar qualquer tipo de complicação clínica. 

Ela é fecundada, o embrião é retirado e uma ‘barriga de aluguel’ é usada para gerar o potro. Isso porque ela é muito valiosa para passar por um processo como o parto”, explica Daniel Borja, presidente da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM).

Embora os valores dos animais pareça muito alto para os leigos, são totalmente normais para os parâmetros do setor equino, que movimenta R$ 16 bilhões anualmente.

Publicidade
Publicidade