in

Gusttavo Lima fala pela primeira vez após agressão no rosto; você vai se surpreender

Terra / Montagem: Rafael Lessa
Publicidade

O cantor de sertanejo Gusttavo Lima, muito conhecido nacionalmente e até mesmo internacionalmente, vem fazendo sucesso em seus shows pelo Brasil inteiro.
Atualmente com 29 anos, Gusttavo encanta as pessoas com a sua voz desde os 9 anos de idade.

Publicidade

Nesta quinta-feira (01), durante um show que o cantor realizava em Barreiras, no estado da Bahia, uma pessoa que estava no público arremessou um copo em direção ao cantor, que o acertou no rosto.  Embora não tenha se ferido gravemente com essa atitude lamentável, o cantor se manifestou e abriu seus sentimentos sobre o ocorrido em sua rede social. 

Publicidade

Com mais de 21 milhões de seguidores em seu Instagram, o artista refletiu: “Por mais pessoas que perguntem como estou. Se estou bem, como foi meu dia, como está a minha família”.  

Apesar da agressão sofrida, Gusttavo continuou o show, uma atitude diferente da que tomou o cantor Ferrugem, que ao ser atingido em um show deixou o palco.  

Publicidade

Em suas declarações, o cantor mostra não ter remorso do incidente: “Independente do ocorrido, levarei para sempre em meu coração, eu amo essa cidade“.

No show, na hora do ataque, o cantor ainda levou o ocorrido com bom humor e não deixou se abalar, mandando um recado para a mulher que teria arremessado o objeto: “Joga outro que ‘nóis’ bebe”.

Além disso, ele disse também que a mulher estaria a 5 anos sem ter relações amorosas. O cantor também se pronunciou sobre essa sua fala, se redimindo: “Não sou uma máquina, me tratem como ser humano, esse aqui, cheio de defeitos, mas que sempre tentou dar o seu melhor, e vou continuar sempre me doando mais do que esperam de mim”.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Rafael

Rafael Lessa é um escritor que gosta de estar sempre informado sobre o que acontece no Brasil e no mundo. Nas horas vagas, gosta de redigir matérias jornalísticas, levando entretenimento e cultura para seus leitores.

Barcelona e um ‘3 por 1’ que nem Messi entende

Thiago Lacerda compara Bolsonaro a Hitler: ‘Vergonha e nojo máximo’