in

Marcas de bebida produzem cervejas e até vinhos para cães; confira algumas delas

Reprodução: Jornal O Dia
Publicidade

O Dia Internacional da Cerveja, comemorado na primeira sexta-feira do mês do agosto, foi inventado em 2007, na cidade de Santa Cruz, Califórnia. Uma das melhores formas para celebrar essa data é tomando a boa e velha gelada e, agora, os cães também podem participar da festa.

Publicidade

As cervejas caninas já estão disponíveis no mercado e, o mais importante, são desenvolvidas por profissionais da área pet, evitando qualquer tipo de risco para a saúde do animal. Elas não possuem álcool como as ingeridas pelos humanos, tendo em vista a fragilidade do fígado dos caninos.

Publicidade

Um dos lançamentos mais recentes no âmbito das cervejas para cães é a Skol Dogz, que começou a ser comercializada nesta quinta-feira (01). Um detalhe que chama atenção é a forma como ela é vendida, em uma espécie de Pack ao lado de outra cerveja da marca, destinada aos adultos; sugerindo a ideia de que o dono e seu animal de estimação devem apreciar as bebidas juntos.

Outra cerveja canina recentemente chegada ao mercado é a chamada Cãolorado, da Cervejaria Colorado. Disponível nos sabores de carne e frango, é produzida com extrato de malte e levedo. Semelhante à Skol Dogz, ela também foi desenvolvida por profissionais da área, como nutricionistas e veterinários especializados em alimentação animal.

Publicidade

Oportunizando mais uma variedade, há também a primeira cerveja criada para cães no Brasil, a Dogbeer. Também disponível nos sabores de carne e frango, ela foi desenvolvida no Centro de Tecnologia em Alimentos e Bebidas, do Senai de Vassouras. Além disso, a marca também desenvolveu outra bebida para agradar aos caninos que não gostam muito de cerveja, criando o Dog’s Wine, uma espécie de vinho para os pets.

Publicidade

Leia Também

Doença de Heloísa Périsse é descoberta, e Brasil entra em orações: ‘Deus é mais forte’

Mulher usa história de traições do ex-namorado para transformar dor em lucro