in

Americana come sacos de batatinha e bolos para ser a mulher mais gorda do mundo

OTempo
Publicidade

Enquanto muitas mulheres correm atrás de alguma dieta que as ajude a perder peso, uma norte-americana fez justamente o contrário, pois ela queria ficar mais gorda.

Donna Simpson sonhou em conquistar o título de mulher mais gorda do mundo, e para isso, se empenhou muito, fazendo várias refeições ao dia e todas com bastante calorias. Ela mora em Nova Jersey, nos Estados Unidos, e quando chegou aos 235 quilos, conquistou o título de ‘maior mãe do mundo’ assim que sua filha nasceu, mas queria muito mais.

Com uma dieta rica em bolos, fast-food e sacos de batata frita, ela passava o dia quase todo comendo alguma coisa para que finalmente tivesse seu nome no Guinnes Book, o livro dos recordes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Quando chegou aos 273 kg, a norte-americana disse que seu sonho era engordar mais e chegar aos 453 kg, mas confessou: “Será difícil chegar nos 400 quilos porque correr atrás da minha filha me faz emagrecer“.

Apesar de toda gordura corporal, Donna sempre disse que é uma mulher saudável. Ela criou um site onde os internautas podem ficar assistindo ela comer e também tem as informações para quem quiser ajudá-la financeiramente, fazendo doações.

Uma curiosidade é que o marido dela, aos 49 anos, pesava 68 quilos. Ele conheceu Donna em uma agência de namoro especializada em gordinhos. Philippe preferiu não comentar nada a respeito do desejo da esposa de continuar ganhando peso para se tornar a mulher mais pesada do mundo.

Vale lembrar que ficar acima do peso é sempre um grave problema porque compromete a saúde.

Publicidade
Publicidade
Russel

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br