in

Mulher é presa por vender doces e detalhe assustador vem à tona

Montagem/IFeitosa

Um dos doces mais tradicionais e famosos do Brasil é o brigadeiro. A iguaria, que é famosa por fazer parte das festas de aniversário e principalmente pelo sucesso com a criançada, pode até parecer estar longe de ser o pivô da prisão de alguém, mas para uma mulher de Belo Horizonte, foi justamente o doce infantil que a levou para trás das grades.

Era domingo, dia 28 de julho, quando a acusada foi presa pelos policiais no Viaduto Santa Tereza no Duelo de MCs. As autoridades responsáveis pela prisão da jovem estavam fazendo ronda no local quando ouviram de outros participantes do evento que o brigadeiro estava sendo vendido ali.

Publicidade

O detalhe é: a mulher estava vendendo o doce recheado com maconha. Os oficiais encontraram a mulher com uma placa onde era anunciado o doce que continha a droga. A placa dizia que o usuário sairia feliz após o consumo.

A acusada, de 27 anos, não tinha passagem pela polícia, mas foi levada para a Delegacia de Flagrantes após cães farejarem e confirmarem a presença do entorpecente nos doces. Ela, que não teve o nome divulgado, estava vendendo os doces a R$ 3.

Publicidade

Mãe e jovem foram internados após consumir brigadeiro com maconha

Em abril de 2018, uma mulher de 24 anos e o seu filho, de apenas 4, foram internados com dores de estômago após ingerirem brigadeiro com maconha.

De acordo com os policiais, ela informou ao médico que usou maconha e outra droga para preparar o doce, mas não entrou em detalhes sobre a segunda droga.

A criança foi encaminhada para o Conselho Tutelar com outros dois irmãos.

Publicidade

Leia Também

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.

Vídeo: MC Melody mostra chá revelação nas redes sociais e comemora: ‘É menina’

Flamengo divulga jogadores relacionados para partida contra o Emelec