in

‘Não levei vantagem em cima dos meus companheiros’, diz Renato Aragão sobre os trapalhões

Adoro Cinema
Publicidade

Eterno Didi, Renato Aragão, não está nada contente com a maneira que está sendo retratado no documentário Trapalhadas Sem Fim, ainda sem data de estréia. O humorista estaria sendo mostrado de maneira negativa, com insinuações de que teria se aproveitado de Mussum (1941-1994), Zacarias (1934-1990) e Dedé, seus ex-parceiros de palco.

Publicidade

O humorista explicou como se dava o processo de divisão dos recursos do grupo. A RA produções, do próprio Renato Aragão, era responsável pelas renegociações contratuais, contratações de parceiras, produção e toda parte artística referente ao humorista. A Demuza, empresa criada por Mussum, Zacarias e Dede, fica responsável por todas a parte autoral e contratual do trio.

Publicidade

“Não é verdade que eu tenha levado vantagem em cima dos meus companheiros. Tínhamos uma relação comercial, mas éramos muito amigos”, se defendeu o humorista. Ele diz não entender a razão de alguns colegas de trabalho  prestarem depoimentos para um documentário que, segundo ele, tem a intenção de manchar a memória do grupo.

A formação que trouxe o grupo ao estrelato (com Didi, Dedé, Mussum e Zacarias) começou em 1974 e durou até 1995, um ano após a perda do segundo integrante, chegando a entrar no livro dos recordes como o mais longo grupo de comediantes. Atualmente com 84 anos, o humorista suavizou possíveis brigas internas no quarteto: “Se houve alguma desavença, é porque somos humanos, e isso acontece a qualquer grupo, em qualquer tipo de relacionamento”, finalizou. Incomodado, Renato está disposto a entrar na justiça caso o documentário divulgue informações que ele considere caluniosas.

Publicidade

Lilian Aragão, esposa de Renato, contou que recebia ligações de pessoas curiosas sobre o documentário, que é dirigido por Rafael Spaca. O diretor alegou que Renato teria entrado em contato com pessoa próximas ao grupo m pedindo que não colaborassem com o projeto.”Nós falamos que não tínhamos nada a ver com esse projeto. Se não quiseram mais falar com ele, não podemos fazer nada”, disparou. 

Publicidade

Leia Também

Saiba o que levará Rael a se aliar a Jô e colocar fogo na fábrica de Maria da Paz

5 alimentos que jamais devem ser colocados no micro-ondas, o 4º pode até causar câncer