in

Heróis de farda: 3 histórias nas quais PMs salvaram o dia; a última é emocionante

TV Anhanguera/Portal Veneza

A Polícia Militar é a principal responsável pela manutenção da segurança pública em todos os estados da federação.

Volta e meia há quem ataque os profissionais por razões como corrupção e até truculência, mas nesta matéria, você verá momentos em que os agentes da lei foram mais que necessários para salvar vidas.

Publicidade

1-Policiais salvam vida de bebê engasgada

Aconteceu no último dia 24/07. Uma personal trainer enfrentou um dos momentos mais assustadores de sua vida, quando sua bebê, Isabele, de apenas 8 meses se engasgou com o pedaço de uma casca de árvore em Anápolis-GO.

A primeira reação da mãe, Vivian Dilger, foi ligar para a Polícia Militar que chegou em pouco tempo e conseguiu ajudar a criança. “Salvaram a vida dela”, disse.

Publicidade

Um dos policiais é Diogo de Oliveira, ele revelou que mesmo fazendo parte do trabalho, uma situação como essas demanda preparação. 

2-Recém-nascido para de respirar e PMs fazem salvamento

Em Trindade, Região Metropolitana de Goiânia um caso mais preocupante terminou com um final feliz graças ao ágil trabalho dos policiais militares.

Um bebê de apenas 15 dias de vida deixou de apresentar sinais de respiração e estava roxo após se engasgar. O caso, que foi registrado em maio deste ano, apavorou os pais que começaram a gritar por socorro.

O sargento Luiz Augusto Alves foi o responsável por pegar a criança e ajudá-lo a fazer respirar novamente. Após passar por atendimento médico, o bebê foi liberado sem complicações.

3-Policiais doam cestas básicas a homem que roubou comida para alimentar os filhos

Em Nova Veneza, Santa Catarina, a boa ação feita por Policiais Militares comoveu muita gente. Um homem, pai de sete crianças contou aos policiais que sua família estava há dias sem alimentação e que aquele era o motivo do roubo.

De acordo com o soldado Tiago Cardoso de Assis, na casa do homem foram encontradas evidências de que não havia comida suficiente para todos que moravam ali.

“Ele parecia bem arrependido”, disse Rodrigo Nazário, vítima do furto. Segundo ele, o homem estava em jejum há mais de um dia e que o acusado não tinha dinheiro para comprar pão.

O homem foi solto e vai responder em liberdade. Os policiais fizeram a doação de uma cesta básica: “Ficamos sensibilizados com o relato”, disse o soldado Dalcione Rosso. 

A vítima do furto também fez uma doação e disse torcer para que ele se arrependa do crime cometido.

Publicidade

Leia Também

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.

Hoje no Vasco, Castán revela acordo com o Corinthians

Depressão: saiba como identificar sinais da doença pelo quarto da pessoa