in

Mãe posta última imagem do filho que morreu ao jogarem queijo nele e faz alerta grave

Divulgação/bebemamae
Publicidade

As alergias são problemas de saúde graves e devem ser levadas a sério. Pessoas que tem alergia precisam tomar muito cuidado, principalmente quem sofre com quadros severos da doença, pois a condição pode até mesmo ser fatal em alguns casos.

Uma mãe que sofre com a triste perda do filho, decidiu compartilhar a última imagem do garoto. O adolescente tinha apenas 15 anos de idade quando perdeu a vida de uma maneira completamente inesperada. Kanabir tinha uma alergia extremamente grave a leite e seus derivados.

O jovem acabou morrendo após dez dias internado. Um colega da escola que o garoto frequentava jogou uma fatia de queijo em seu pescoço. Kanabir ficou internado durante todo esse período e teve graves complicações. Enquanto estava hospitalizado, o estudante sofreu parada cardíaca e um AVC – Acidente Vascular Cerebral, também conhecido como derrame cerebral. Devido as várias complicações, ele não resistiu e veio a falecer.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Rina Cheema, de 53 anos, mãe do jovem, resolveu compartilhar as imagens do filho neste último sábado, 27 de julho. De acordo com a mulher, o colega que jogou o queijo em seu filho, não tinha noção de que somente o contato da pele com o produto poderia resultar na tragédia.

A mãe de Kanabir culpa a instituição de ensino do filho pelo fato deles não alertarem os alunos sobre a gravidade do problema do adolescente. “Eu mandei meu filho para um lugar onde achava que ele estaria a salvo. A escola também deveria saber como lidar com uma alergia, deveria ter os medicamentos lá ou ligado para a emergência imediatamente, algo que não fizeram”, desabafou Rina durante uma entrevista à emissora NBC.

Sofrendo com a dor da perda, a mãe ainda conseguiu reunir forças para falar sobre o assunto traumático. O intuito da mãe é fazer um alerta as pessoas sobre o quanto os problemas alérgicos podem ser sérios e ter terríveis consequências, inclusive podendo ser fatal, como foi o caso do adolescente.

Publicidade
Publicidade
Shyrlene Souza

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.