in

Dormir de luz acesa pode causar doença grave; saiba qual

Reprodução/Shutterstock

A saúde humana é constantemente estudada pelos cientistas e médicos, tendo como principal motivação um aumento na qualidade de vida e, consequentemente, na longevidade das pessoas.

E é assim que pequenas ações, consideradas normais para a sociedade, acabam sendo descobertas como verdadeiras vilãs para o bem estar mental e até físico.

Publicidade

E, no último ano, foi descoberto por pesquisadores da Universidade de Northwestern, Estados Unidos, que dormir ao menos uma única noite de sono com uma fonte de energia elétrica acesa aumenta de forma aguda a resistência do organismo humano à insulina.

Segundo a autora do estudo, Ivy Cheung Mason, dormir com a luz ligada interrompe o bem estar do sono e ainda influencia no metabolismo.

Publicidade

Durante duas noites foram estudados 20 adultos saudáveis. Os pesquisadores escolheram pessoas com idades entre 18 e 40 anos. Eles passaram por uma noite no quarto totalmente escuro e outra noite em um local onde se tinha uma pequena fonte de luz.

Eles tiveram o sangue coletado em intervalos de uma hora, isso serviu para a medição da melatonina. Após acordarem, testes de glicose foram realizados e o que se notou é que houve uma mudança na resistência do organismo à insulina.

Os cientistas que analisaram os resultados afirmaram que essa resistência à insulina é um fator determinante para que o paciente desenvolva uma diabetes do tipo 2, um problema sério de saúde, que pode ter causas graves para o portador.

Os problemas causados pela luz artificial durante a noite ainda não foram explorados a longo prazo, então não se sabe se isso é cumulativo. 

Publicidade

Leia Também

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.

Quer Messi e o Barça e era o favorito do Real Madrid

A última do PSG que nem Cristiano Ronaldo esperava