in

Luto: famoso jogador sofre convulsão e morre durante torneio

Divulgação Diário da Manhã
Publicidade

Um fim de semana que deveria ser cheio de diversão e emoção terminou de maneira trágica após a morte do famoso jogador Bryan McIntosh, mais conhecido “Krucial B”. O jogador morreu no domingo no evento Defend The North, um torneio de luta que aconteceu em Nova York, de sexta-feira, 19 de julho a domingo, 21.

O evento foi patrocinado pela Capcom, além de várias empresas de hardware e alguns pequenos organizadores de jogos da liga. McIntosh tinha entrado para competir em Street Fighter V e Samurai Shodown.

De acordo com outras pessoas que estiveram presentes no evento, Krucial B sofreu um ataque de convulsão no hotel, onde o torneio estava acontecendo. Funcionários do hotel acionaram o socorro, porém, quando os paramédicos chegaram ao local não puderam fazer mais nada, McIntosh acabou morrendo. A morte do jogado foi confirmada pela Capcom.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Muitos dos que participaram do Defend The North deram a conhecer nas redes sociais que o evento foi muito mal organizado. Durante o último fim de semana, uma onda de calor atingiu a cidade de Nova York com temperaturas em torno de 40° C. Jogadores conhecidos como Justin Wong, lenda do jogo da Capcom, queixaram-se da falta de ar condicionado no hotel onde ocorreu o torneio, assim como a falta de organização por parte dos funcionários.

O mais preocupante, no entanto, foi a situação da água. Os participantes dizem que o evento proibiu a entrada de garrafas de fora do torneio. Enquanto outros jogadores comentam que havia distribuidores de água por perto, esse é um problema infelizmente comum em eventos desse tipo.

Alguns torneios, além de proibir a entrada com água, vendem suas próprias garrafas a preços muito alto, enquanto outros oferecem diretamente nenhuma alternativa, forçando os jogadores a beber água do banheiro para se refrescar.
A causa da morte de McIntosh ainda não foi revelada pelas autoridades locais.

Publicidade
Publicidade
Francisco Nunes

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.