in

Odiada por eleitores de Bolsonaro, Miriam Leitão sofre duro castigo

G1 / Reprodução
Publicidade

A colunista Miriam Leitão é um dos nomes mais conhecidos do jornalismo brasileiro, dentre aqueles que cobrem política. Miriam, no entanto, acaba desagradando muita gente. A profissional da televisão tem irritado, especialmente, muitos eleitores do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. 

Agora, é claro, tanto ódio que é destilado nas redes sociais contra Miriam Leitão acaba tendo seu preço para ela. A jornalista, por exemplo, participaria de uma Feira do Livro na cidade de Jaraguá do Sul. No entanto, o anúncio da participação da profissional no evento rendeu tantas reações negativas, que Miriam Leitão acabou sendo desconvidada do evento. 

A informação foi confirmada pelo organizador da Feira do Livro. João Chiodini deu uma entrevista ao site da Revista Veja. Ele foi claro em relação a não ter como manter a segurança da jornalista e, por isso, preferiu desconvidá-la. 

Publicidade


“A gente se viu obrigado a cancelar porque, depois do anúncio (de que eles participariam da feira), começaram a surgir reclamações e pessoas dizendo que não deixariam ela (Miriam) falar”,
disse o organizador do evento. 

Publicidade

Em outro momento, João diz que preferiu a prudência para tratar a situação. No entanto, ele não acha bom os comentários de que Miriam Leitão estaria sendo censurada. O organizador lembrar que o clima tão ruim poderia fazer a profissional ser humilhada, já que poderiam nem deixar ela falar. “Ela já tem uma carreira consolidada no jornalismo, não merece passar por esse tipo de coisa”, disse o organizador do evento, surpreendendo muita gente. 

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Fernando B

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.