Do Liverpool para o Barça: o craque que quer jogar com Messi

Leia também

Covid-19: estas são as sequelas que podem surgir nos pacientes recuperados da doença

Os pacientes que se recuperaram da Covid-19 podem sofrer com algumas sequelas.

Esta é a mensagem que uma criança com câncer deixou para a mãe

Nolan Strong, de apenas 4 anos, tinha um tipo raro de câncer terminal e deixou uma linda mensagem para a sua mãe antes de morrer.

Augusto Cury ensina como Jesus lhe ensinou a tratar depressão

Augusto Cury é psiquiatra e, como muitos da ciência, já foi ateu. Agora cristão, revelou como tratar depressão.

Você vai se emocionar com a reação deste cão vendo sua casa incendiada

Em 2018, na Califórnia, EUA, um incêndio destruiu cerca de 14 mil casas. Um cão sobrevivente voltou ao local e sua reação foi extremamente comovente.
Publicidade

Daniel Sturridge está à procura de um time e ele sabe que ainda tem um bom nome no futebol europeu, embora suas últimas temporadas no Liverpool não tenham sido especialmente boas. O atacante inglês jogou pouco, especialmente devido a algumas lesões, mas também a presença de Roberto Firmino. Duas razões que impediram Sturridge de ir um pouco mais além em sua carreira.

Foi estrela no Liverpool com Suárez

Formado no Manchester City, Sturridge começaria a despontar no Chelsea, já depois dos 20 anos de idade. Porém, foi já em 2013 que o Liverpool arriscou pagar 15 milhões por ele e aí começou verdadeiramente a carreira de Sturridge, que se tornou um ídolo dos ‘reds’. 

Publicidade
Publicidade

Rapidamente, o internacional inglês se impôs na equipe inglesa, graças a sua velocidade e sua capacidade em fazer gols. Em sua primeira temporada completa, ele formou um ataque de luxo junto com Philippe Coutinho, Raheem Sterling e Luis Suárez, que quase levou a Premier League. Porém, no final da temporada, em 2014, Suárez foi para o Barcelona e começou o declínio de Sturridge.

Publicidade

Sem espaço com Klopp

As lesões musculares se seguiram e seu nível despencou, junto com sua confiança. Mais tarde, com a chegada de Jurgen Klopp, ele foi relegado para o banco e, desde então, as coisas só pioraram. No ano passado, ele passou seis meses emprestado no West Bromwich Albion, mas ainda regressou a tempo para ser campeão da Europa, antes da despedida.

Em final de contrato, Sturridge não renovou com o Liverpool e ele é livre para negociar com qualquer clube. De acordo com o site Don Balón, o inglês não hesitou em oferecer seus serviços no Camp Nou, para ser um substituto para aquele que já foi seu parceiro, Luis Suárez.

Sua contratação não implicaria qualquer custo, ele aceitaria um salário baixo e levaria uma maior experiência, atuando do lado de Leo Messi. A diretiva do Barça pode conseguir, assim, um negócio importante.