in

Mulher que empurrou Padre Marcelo viajou com filho de 3 anos e é afastada da criança

Reprodução / Twitter Ricardo S
Publicidade

A mulher de 40 anos que empurrou o Padre Marcelo, neste domingo (14), durante missa de encerramento de um acampamento organizado pela Canção Nova, não teve a identidade revelada.

Quando a missa caminhava para o seu final, ela furou o esquema de segurança, subiu ao palco e jogou o Padre Marcelo lá de cima. O tombo feio foi exibido ao vivo na TV.

Publicidade

Rapidamente, o vídeo viralizou nas redes sociais e passou a ser um dos assuntos mais comentados. A mulher era natural do Rio de Janeiro e estava em Cachoeira Paulista, interior de São Paulo, para o evento.

Publicidade

Ela foi ao local em uma caravana e estava acompanhada do filho de três anos. Após a agressão, ela foi encaminhada à delegacia. No local, foi ouvida pelo delegado. Dois representantes da Canção Nova e uma das organizadoras da caravana estiveram no local.

Publicidade

Além deles, havia uma representante do Conselho Tutelar, que foi à delegacia por conta do filho da mulher que empurrou o padre. A criança passou a noite em Cachoeira Paulista, assim como sua mãe, mas eles não estavam juntos.

Uma outra representante do Conselho Tutelar passou a noite com a criança em um quarto de pousada da cidade. A mãe ficou em outro lugar. Padre Marcelo tem até seis meses para registrar queixa contra a mulher que o empurrou. No momento, ele não registrou a ocorrência.

Após o susto, atendimento médico e constatação de que tudo estava bem, Padre Marcelo voltou ao palco e encerrou a missa. Cerca de 50 mil pessoas estiveram no local e ficaram horrorizadas com a cena forte do empurrão que o padre sofreu.

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br