in

Lateral volta ao time do Corinthians e está à disposição de Fábio Carille

Foto: Werther Santana/Estadão

Neste domingo (14), o Corinthians voltará a entrar em campo pelo Campeonato Brasileiro, em partida contra o CSA. Jogando em casa, o Timão é o grande favorito para o confronto e espera obter um resultado positivo para espantar a desconfiança dos seus torcedores.

Para a retomada do Brasileirão, o Timão contará com um retorno importante. Recuperado de lesão, o lateral-direito Michel Macedo volta à equipe e está pronto para ser utilizado pelo técnico Fábio Carille. No momento, o comandante alvinegro deve optar por mantê-lo na reserva.

Reserva imediato de Fagner, Michel Macedo foi titular em algumas oportunidades, quando o camisa 23 do Timão estava defendendo a Seleção Brasileira. Contudo, Fagner já está de volta ao alvinegro e deve começar como titular na partida com o CSA.

Michel Macedo voltou a estar à disposição de Fábio Carille após conseguir treinar normalmente no decorrer desta semana. Ele se lesionou exatamente quando estava como titular, no lugar de Fagner. Michel teve um desempenho razoável, mas acredita que poderia ter jogado melhor.

Vale destacar que Michel entrou em campo já no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Flamengo. Naquela ocasião, Fagner sentiu um desconforto muscular, em partida contra o Deportivo Lara, pela Copa Sul-Americana.

O técnico Fábio Carille deve escalar o Corinthians com força total no jogo de amanhã, já que o clube busca um melhor posicionamento no Campeonato Brasileiro. Sendo assim, Cássio e Fagner devem retornar ao time corintiano.

Vale destacar que o Corinthians deve promover a estreia do zagueiro Gil, que treinou entre os titulares durante a semana. Quem perderá a condição de titular é Henrique, que ainda não conseguiu passar confiança aos torcedores.

Leia Também

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.

Flamengo x Goáis: saiba como e onde assistir; veja provável escalação e palpites

Reviravolta: delegado desabafa sobre a prisão do assassino de Rafael Miguel