in

Veja o caso da mulher que deu à luz em vaso sanitário após diagnóstico de prisão de ventre

Visão notícias

Uma mulher que pensou estar sofrendo com prisão de ventre deu à luz no banheiro depois que os médicos supostamente não notaram que ela estava grávida. Charlotte Bryant disse que foi diagnosticada erroneamente por três diferentes médicos após sentir dores nas costas em sua casa, em Cardiff, no País de Gales.

Charlotte alegou que de início ela foi informada que tinha inflamação nos músculos e recebeu analgésicos. Mais tarde, após ser examinada, foi diagnosticada com constipação. Por incrível que pareça, nenhum dos médicos percebeu que ela estava grávida de nove meses.

Ela então voltou para sua residência com uma grande quantia  de laxantes em pó para tratar a suposta constipação, mas depois sentiu uma vontade repentina de ir ao banheiro e em poucos segundos ela deu à luz um menino. Logo depois, Charlotte enviou uma foto de seu filho recém-nascido, Joshua, via mensagem de texto para seu parceiro, Daniel Hughes, que ao ver a mensagem chegou a pensar que ela estava só brincando.

Quando Daniel percebeu que sua mulher estava falando a verdade e ele de fato havia se tornado pai, ele entrou choque.

Charlotte conta que um pouco depois de tomar um laxante, ela foi ao banheiro e ao sentar no vaso sanitário sentiu algo entre as pernas como se as fezes tivessem saído do lugar errado e ao olhar para baixo viu um rosto olhando para ela.

Felizmente seu irmão, Adam Bryant, estava em sua casa e então ela pôde chamá-lo. Quando ela gritou para o irmão contando que havia tido um bebê, Adam não acreditou, mas ao descer para o andar debaixo de sua casa, a viu com um bebê no colo. A nova mamãe enrolou o filho em uma toalha antes de chamar a ambulância, que chegou em sua casa dez minutos depois e os levou para o hospital.

O bebê Joshua nasceu pesando 3,3kg e foi encaminhado para a UTI, no Hospital Universitário de Gales, por conta de uma infecção pulmonar.

Charlotte alegou que pensou que seu aumento de peso fosse por estar comendo muito bolo, pois sua menstruação nunca atrasou e ela não sentiu o bebê mexer em sua barriga nenhuma vez.

Leia Também

PSG se cansa da novela Neymar e pode vender bem abaixo do preço

Reviravolta no caso Neymar: Ministério Público aceita pedido e Najila é beneficiada; confira