in

‘Olá, tudo bem?’; saiba como surgiu o famoso bordão de Paulo Henrique Amorim

R7/Montagem-Russel
Publicidade

O Brasil amanheceu de luto, na madrugada desta quarta-feira (10), morreu o jornalista Paulo Henrique Amorim, ele saiu para jantar com a esposa e alguns amigos, mas na volta passou mal e morreu após sofrer um infarto fulminante.

Geórgia, esposa do jornalista, disse que não deu tempo nem de chamar os médicos e que tudo foi rápido demais. Nas redes sociais, fãs anônimos e famosos prestam as últimas homenagens.

Paulo Henrique Amorim ficou famoso na TV e conhecido por todos, principalmente pelo seu bordão, onde ele dizia sempre no início de suas reportagens: “Olá! Tudo bem?”

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Quando o jornalista foi correspondente da Globo em Nova York, foi convidado para fazer algumas reportagens na CNN e a editora disse a ele que seria bom se pudesse saudar o público em sua própria língua. Paulo Henrique resolveu dizer a frase que é tão comum entre os brasileiros, quando vão se cumprimentar.

Depois de algum tempo, quando foi a Los Angeles fazer a cobertura de um terremoto, Paulo Henrique Amorim foi reconhecido por um norte americano, que se lembrou dele justamente pela frase: “Olá! Tudo bem?”

Foi aí que o jornalista pensou que aquele poderia ser o seu bordão e a partir dali começou a repetir a frase sempre que aparecia na TV. Não demorou muito para que o público aprovasse a decisão de Amorim e assim ele ficou conhecido na televisão, tanto na Globo como também depois, quando foi trabalhar na Record.

Paulo Henrique deixou a esposa Geórgia Pinheiro e também uma filha. Ainda não foi informado o horário e local do velório.

Publicidade
Publicidade
Russel

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br