in

Messi e a última sobre o Barça: ‘vai levá-lo com ele’

Jornal Cruzeiro do Sul
Publicidade

A Copa América terminou com uma Argentina deixando uma imagem melhor do que o esperado. Depois de uma primeira rodada cheia de problemas, com uma derrota indiscutível para a Colômbia, a seleção de Messi não prometia nada de bom. Na segunda rodada, o empate com o Paraguai preocupava, mas a verdade é que a seleção foi evoluindo. O treinador, Lionel Scaloni foi melhorando a tática e nos últimos jogos se viu a melhor versão dos últimos tempos dessa seleção.

A Argentina mostrou seu melhor contra o Brasil, mas acabou perdendo nas semifinais com uma arbitragem muito contestada. No último jogo, a seleção ganhou do Chile e garantiu o terceiro lugar. Messi se queixou das arbitragens durante a Copa, mas no final ele era um capitão orgulhoso de seus companheiros. E saiu do Brasil contente com alguns jogadores especificamente.

Conexão com Dybala

Scaloni sentiu dificuldades para montar o onze da Argentina durante a prova e foi mudando muito. Só na última partida, com o Chile, é que foi possível ver de início um ataque com Messi, Dybala e Aguero. Apesar da polêmica expulsão do jogador do Barcelona, ficou bem evidente sua boa relação em campo com Dybala. Os esquerdinos foram procurados durante todo o tempo em que o árbitro os deixou coincidir na quadra e o futebol era muito fluido.

Publicidade

O jogo serviu para a joia da Juventus se estrear oficialmente como artilheiro com sua equipe nacional. E os argentinos gostaram de ver o ataque se entendendo tão bem assim. No final, Dybala estava feliz e até agradeceu o apoio de Messi antes e durante a partida.

Publicidade

Barcelona na corrida pela ‘joia’ da Juventus

Com Dybala e Messi se entendendo tão bem, logo começaram os rumores de um possível interesse do Barcelona por Dybala, que nem é recente. No passado, a diretiva catalã já teria tentado juntar os dois argentinos, mas agora que sua relação melhorou, a diretiva considera Dybala uma alternativa ao sempre problemático Antoine Griezmann.

Se, por fim, o atacante francês cair das opções, Messi pedirá que os 120 milhões de euros que queriam gastar com o campeão mundial fossem para a contratação do jogador da Juventus. Dybala reentra nas contas do Barça e, ao que parece, com aprovação total de Messi.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade