Sérgio Moro se afasta do cargo de Ministro e motivação gera perplexidade

Leia também

Cidadão são presos pelos pés, após romperem quarentena do coronavirus

Em Córdoba, moradores que infringem regras obrigatórias de isolamento recebem o castigo por pelo menos meia hora.

Luto: cantor e compositor morre vítima do coronavírus; ele estava internado em estado grave

Fãs e familiares torciam para sua recuperação, o que infelizmente não aconteceu.

Paulinho Gogó está fora de A Praça é Nossa: ‘Nunca chorei tanto na vida’

Humorista Paulinho Gogó confirmou que não é mais contratado da emissora de Silvio Santos.

Fim do confinamento em Wuhan, primeiro epicentro do novo coronavírus

Moradores poderão sair da cidade, mas precisam levar um smartphone com um aplicativo que tem informações sobre a saúde deles.
Fernando B
As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.
Publicidade

Recentemente, a vida do Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, acabou virando um turbilhão de acontecimentos. Alguns vazamentos de supostas mensagens que envolveriam o político acabaram tomando conta do noticiário. Para um grupo ligado à esquerda, as conversas indicariam uma suposta intenção de Sérgio Moro em ser parcial no julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Desde a gravação dessas conversas, o Partido dos Trabalhadores (PT) e seus advogados tentam cancelar a condenação envolvendo Lula. Nesta segunda-feira, 8 de julho, uma notícia envolvendo Moro gerou perplexidade em seus seguidores e, é claro, no restante do país, devido ao seu cargo e também tudo o que envolveu o nome dele nas últimas semanas. 

Publicidade

O Ministro vai se afastar do cargo. Segundo informações do site da Revista Exame, o Ministro solicitou licença do cargo por uma semana “para tratar de assuntos particulares”. A licença será tirada no período de 15 a 19 de julho e foi autorizada por despacho presidencial publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira. 

Publicidade

Sérgio Moro deixará cargo por alguns dias e nome do substituto é revelado

Moro diz que sua licença já estava prevista desde que ele assumiu o cargo, já que ele ainda não tem direito de tirar férias, mas que tem assuntos pessoais a resolver. 

Publicidade

O afastamento durará menos de uma semana, mas ainda assim, o Ministro deixará de receber os seus proventos durante esse período, como estabelece a lei.  Na ausência de Moro, assume a pasta o secretário executivo do Ministério, Luiz Pontel de Souza.