in

Homem furta caixão, anda pela cidade com ele nas costas e passa em frente à delegacia

Reprodução: O Vigilante Online
Publicidade

Na noite deste sábado (06), em Leopoldina, interior de Minas Gerais, a atitude de um homem chamou atenção. Nesse sentido, merece destaque a ação do indivíduo responsável por realizar o furto de um caixão, que se encontrava em uma funerária no centro da cidade, mais precisamente, na rua Francisco Andrade Bastos.

Publicidade

Um dos detalhes que mais chamaram atenção, diz respeito ao fato de o rapaz ter carregado a urna funerária sobre suas costas e, além disso, ter passado em frente à sede da 37° Companhia da Polícia Militar de Leopoldina. 

Publicidade

Segundo informações do site O Vigilante Online, foi feita uma denúncia à Polícia Militar de Leopoldina, informando que um homem estaria andando pelas ruas da cidade com um caixão nas costas. Ademais, importante ressaltar que um funcionário de outra funerária também acionou a polícia diante do ocorrido.

Após as denúncias, o meliante foi encontrado em frente à sede da polícia, como já mencionado, e outra informação chamou atenção. O indivíduo alegou aos policiais que o delito foi motivado por uma futura troca do objeto furtado em cachaça.

Publicidade

Sob a ótica da figura do autor do furto, informa-se que o homem não é de Leopoldina, mas de Laranjal, outra cidade do interior mineiro. Após ter sido preso em flagrante, o indivíduo foi levado para a Delegacia de Polícia Civil. Diante do ocorrido, destaca-se a participação dos seguintes militares: sargento Roberto Carlos e os cabos Johnn e Coelho.

Importante ressaltar algumas características do local onde aconteceu esse crime um tanto quanto incomum. Sendo assim, vale ressaltar que Leopoldina é uma cidade localizada na Zona da Mata mineira, com aproximadamente 53 mil habitantes, segundo dados de 2015 do IBGE.

Publicidade

Leia Também

Após morte de cantor, filho desabafa: ‘Os abutres já desceram para o apartamento do meu pai’

Vídeo mostra momento em que Portiolli sofre acidente ao vivo e Mara acerta Sônia Abrão