in

Problemas para Cristiano Ronaldo, e Messi está na jogada

The Cheat Sheet
Publicidade

A Juventus parecia estar se dando muito bem nesse mercado de transferências, mas de repente, tudo poderia se complicar. É verdade que a diretiva ‘bianconera’ já passou a perna a vários times, assinando de graça Aaron Ramsey do Arsenal e Rabiot, do PSG. Também Buffon regressa em ‘casa’ e Pellegrinni também foi confirmado. Porém, a situação de Matthijs De Ligt poderia estar se complicando.

Publicidade

O acordo para levar o zagueiro holandês para Turim parecia estar a um passo da conclusão, mas teria havido um regresso forte dos ‘blaugrana’ pelo jogador. A Juventus teria o acordo com o futebolista, mas falta acertar com o Ajax, que não estaria disposto a aceitar menos do que a oferta que tem do Barça.

Publicidade

Acordo se complicou

O acordo para levar De Ligt à Juventus fica complicado. De acordo com o que foi reportado pelo jornal espanhol Marca, de fato, o Barcelona teria reentrado novamente nas negociações. E com uma proposta melhor que a Juventus. Os ‘bianconeros’ já teriam esse acordo com De Ligt, mas apresentaram uma proposta de 65 milhões de euros, mais 10 de bônus por objetivos, para o Ajax.

Por sua vez, o Barcelona teria chegado a um acordo com os holandeses com base em uma proposta direta de 75 milhões de euros pelo zagueiro de apenas 19 anos de idade. 

Publicidade

Juventus vai precisar de mais

Portanto, com propostas semelhantes, o Ajax poderia preferir o Barça, primeiramente porque eles têm excelentes relações de anos e também porque o valor é direto, sem objetivos. De acordo com o jornal Marca, o Ajax pode ainda ceder negociar com a Juventus, mas apenas se eles igualarem a proposta do Barça. Ou seja, a Juventus vai precisar fazer um esforço final para levar De Lig. Ou então, em vez de ele jogar com Cristiano Ronaldo, o holandês acabará defendendo Leo Messi. 

Publicidade

Leia Também

Leo Messi se mobiliza para conseguir de volta um histórico do Barça

Três craques do Barça a caminho do Bayern, Atlético e PSG