in

Pare agora de usar essa substância e emagreça fácil e rápido

Foto: Reprodução/Incrível
Publicidade

Pessoas estão perdendo peso instantaneamente ao retirar uma substância comum da rotina. Talvez essa seja a resposta para muitas pessoas que tentam perder peso e não conseguem emagrecer, mesmo seguindo uma dieta restritiva de alimentos.

Há também pessoas que engordam de maneira desproporcional ao que comem. Existem relatos de indivíduos que ganham peso, mas que não comem muito. Seguido do ganho de peso vem o cansaço, o desânimo e até sintomas de depressão.

O doutor Lair Ribeiro fez uma alerta em uma aula sobre o assunto dizendo que existe uma substância contida na água, na pasta de dente e em medicamentos comuns que adoecem a tireoide, causando hipotireoidismo, que nada mais é que um funcionamento lento do órgão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Pessoas com hipotireoidismo apresentam ganho de peso, retenção de líquido e desânimo devido metabolismo lento. De acordo com o doutor Lair Ribeiro, a grande epidemia de hipotireoidismo no Brasil e no mundo se deve ao excesso de flúor que as pessoas consomem.

O médico relata que a tireoide precisa de iodo para formar os hormônios T4 e T3 que vão fazer o metabolismo funcionar bem. O flúor contido na pasta de dente, na água e em alguns medicamentos, como a fluoxetina, o famoso Prozac, rouba o lugar o iodo. Isso acontece quando há uma ingestão maior de flúor em detrimento da ingestão de iodo.

A tireoide acaba adoecendo com o flúor em excesso e acaba funcionando mal. Ao desenvolver o hipotireoidismo o metabolismo fica lento e a pessoa ganha peso ou tem dificuldade de emagrecer, mesmo comendo pouco. A pessoa doente desenvolve papada, rosto inchado, principalmente debaixo dos olhos. Isso pode levar as pessoas a ter até pressão alta.

Por isso, doutor Lair aconselha usar filtros para retirada do excesso de flúor na água, usar pasta de dente sem flúor e se possível, evitar medicamentos com essa substância. Emagrecer não é apenas comer de forma saudável, mas sim cuidar da questão hormonal, que pode estar sendo prejudicada por substâncias que se tornam tóxicas, se consumidas em excesso.

Publicidade
Publicidade
Carolina Mello

Escrito por Carolina Mello

Amante das artes, leitura e escrita, resolvi fazer de um hobby uma profissão.