in

Após relatos chocantes de Maitê Proença, relembre tragédias envolvendo famosos

Reprodução: Gshow
Publicidade

No programa Provocações, apresentado por Marcelo Tas, a atriz Maitê Proença chocou o público ao relatar algumas tragédias familiares por quais passou. Destaca-se que a atriz teve a mãe assassinada por seu próprio pai que, alguns anos depois, acabou suicidando.

Além disso, a global também contou que perdeu o irmão, vítima do alcoolismo, teve o mesmo fim do pai, tirou a própria vida. Chama a atenção para a capacidade de superação da atriz, que viu sua família sendo desfeita e mesmo assim teve forças para seguir em frente, tentando superar as tragédias.

Sob essa ótica de histórias de vida tristes, destacam-se outros casos envolvendo famosos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

É válido relembrar o caso da roteirista e produtora, Glória Perez, que perdeu sua filha, Daniela Perez, de forma cruel, em 1992. O ator Guilherme de Pádua, na época, par romântico da jovem na novela, foi o responsável pelo assassinato, motivado por acreditar que Daniela realizava críticas em relação à sua pessoa para a própria mãe que, por ser autora da trama, fazia com que ele perdesse espaço diante das câmeras. Importante ressaltar que o assassino não agiu sozinho, tendo recebido ajuda de sua esposa, Paula Thomaz.

Outro caso que chama atenção é o da atriz Ana Paula Arósio que, com 21 anos, perdeu seu noivo, Luiz Carlos Leonardo Tjurus. Sendo que este retirou a própria vida com um tiro na boca, na frente da noiva. Fato responsável por abalar emocionalmente a modelo, promovendo delírios e uso excessivo de sedativos.

Por fim, o caso envolvendo a atriz Christiane Torloni, que perdeu o filho de apenas 12 anos, em 1991. Ao manobrar seu carro na garagem de casa, a global acabou perdendo o controle e o veículo desceu em uma ribanceira, tendo o garoto sofrido, com o acidente, traumatismo craniano, vindo a falecer.

Diante dos casos citados, não se pode deixar de enaltecer a perseverança dos envolvidos que, mesmo perdendo pessoas muito próximas, tentaram reconstruir suas vidas diante das tragédias.

Publicidade
Publicidade