in

Eclipse solar poderá ser visto no Brasil: confira hora que o ‘sol vai apagar’

Publicidade

Nesta terça-feira, 2 de julho, acontece o eclipse do sol total. O fenômeno é raríssimo. O mais recente foi em 2016, mas em 1919 aconteceu o mais famoso, quando houve o eclipse de Sobral, no Ceará, quando a teoria da relatividade de Albert Einstein acabou sendo aprovada. 

No Chile, em La Serena, a fase total será às 16h38 (horário de Brasília) neste dia 2 de julho. Os eclipses totais do Sol, apesar de acontecerem com certa frequência no planeta, não acontecem nos mesmos lugares sempre. Segundo especialistas, no máximo, um ser humano consegue ver esse fenômeno de uma a duas vezes em toda a sua vida. O próximo será daqui a mais de vinte anos e, no geral, não atinge o mesmo local do planeta. 

No Chile, acredita-se que além da escuridão, será possível ver sem a ajuda de aparelhos três planetas,  Marte, vênus e mercúrio. Nas redes sociais, o tema já é um dos mais falados e todo mundo está na expectativa. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Veja abaixo um pouco de como vai ser a cobertura do sol diante do eclipse. Onde o mapa diz 100% é porque não haverá nenhuma luz do sol, enquanto outros lugares vai ser de 0%, praticamente não sendo quase possível ver o fenômeno. 

Veja abaixo uma foto que mostra os horários, a duração e a taxa de cobertura com a previsão do eclipse solar em 14 cidades brasileiras. O fenômeno pretende mobilizar muitas pessoas. 

De acordo com informações da TV Globo, até mesmo o cantor e compositor Gilberto Gil está tentando ver o eclipse. Ele foi até ao deserto do Atacama, no Chile, onde a cobertura do eclipse pode ser de cerca de 100%. 

Publicidade
Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.