in

Fim de prazo: polícia se manifesta após analisar caso de Neymar e Najila

Metrópoles
Publicidade

O jogador Neymar está passando por uma série de polêmicas nos últimos tempos, entre elas, uma das mais recentes é a que envolve Najila Trindade, uma modelo de 26 anos. Najila entrou na justiça no final de maio para iniciar uma batalha contra o craque brasileiro, afirmando que ele a teria forçado a ter relações íntimas com ele na capital da França.

Nesta segunda-feira (01/07), a polícia que está investigando o caso teve prazo para resolução finalizada e se manifestou ao Ministério Público para pedir mais tempo, já que as informações apuradas e as análises feitas até o momento não foram o bastante para dar conclusão ao processo.

O Ministério ainda irá avaliar o pedido de tempo para entender se há ou não necessidade de adiar o anúncio do veredicto sobre a culpa ou inocência do craque Neymar, que nega ter abusado de Najila Trindade. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Najila chegou a fazer exames físicos a pedido da justiça para detectar sinais de um possível estupro, o que não foi diagnosticado pela perícia. A modelo havia apresentado apenas uma lesão no dedo, mas mesmo assim a polícia não descartou a possibilidade de estupro por parte do atleta.

As partes envolvidas deram depoimento no mês passado na delegacia da cidade de Santo Amaro, no estado de São Paulo, local onde a modelo prestou queixa contra Neymar. O ministério público passou vários dias investigando o caso juntamente com a polícia militar e colhendo o máximo de informações possíveis para finalizar o inquérito.
O resultado do caso poderá ser revelado a qualquer momento

Publicidade
Publicidade
Aurilane Alves

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn