in

Vazamento de fotos de Najila: situação de Neymar prestes a se definir

Lance!
Publicidade

Mais um capítulo do caso Najila Trindade x Neymar começou a ser desenhado nesta segunda. A modelo, que acusa o craque de estupro, também denunciou o jogador pelo vazamento das imagens, o que poderia caracterizar crime virtual.

Entretanto, a estratégia da defesa do jogador, que afirmou que Neymar Jr não foi o responsável pela divulgação do vídeo, pode fazer com que o jogador literalmente drible a acusação de ter cometido crime virtual, justamente pelo vazamento das fotos.

O inquérito policial que apura o vazamento das fotos íntimas de Najila Trindade está sendo apurado pela polícia do Rio de Janeiro e após a acusação inicial, o jogador poderia ser indiciado pelo crime virtual. A hipótese de que o craque do PSG escape das acusações foi levantada como sendo a mais provável por especialistas ouvidos através do portal UOL ESPORTE.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O professor de direito digital da FGV, Luis Augusto D’Urso, se posicionou na entrevista da seguinte forma:  “se eventualmente, o Ministério Público entender que houve o crime do 218C do Código Penal
consumado nessa publicação feita supostamente pelo assessor do Neymar, o processo crime deveria ser contra ele, pois quem cometeu o suposto fato criminoso seria o assessor. O autor que causa é o responsável pelo crime. E o Neymar, ao solicitar a postagem, diz que desejava exclusivamente esclarecer os fatos. Portanto, não teria contribuído para o fato supostamente criminoso”, analisou. 

Resta saber se a opinião dos especialistas será reproduzida pela investigação policial que decidirá se a acusação seguirá ou não.

Publicidade
Publicidade
Evandro

Escrito por Evandro

O mundo do entretenimento é a minha vida.