in

Cão ferido pede ajuda na farmácia estendendo a pata ferida e viraliza na Web

Br notícias yahoo
Publicidade

Existem pessoas que são como verdadeiros anjos na vida dos animais, atuando como verdadeiros protetores dos bichinhos indefesos, principalmente aqueles que vivem nas ruas.

Publicidade

Banu Cengiz é uma farmacêutica da Turquia, que tem muito amor pelos animais. Seu cãozinho de estimação foi resgatado das ruas há alguns anos, e ela o ama muito.

Publicidade

Como não pode adotar todos os cachorros abandonados que encontra, às vezes até em condições desumanas, ela mantém um espaço em frente a sua farmácia com água, ração e uma caminha para os cães abandonados descansarem. A farmacêutica passa esse amor para os cães e eles parecem entender que naquela farmácia tem alguém em quem eles podem confiar.

Um fato interessante aconteceu com Cengiz, que contou que percebeu que um cão que chegou à porta da farmácia estava agindo diferente dos outros que chegam para se alimentar.

Publicidade

Ele não quis se deitar na cama que ela oferecia e ficou sentando na porta do estabelecimento com os olhos fixos nela, como se precisasse de alguma coisa.

Banu Cengis contou que recebeu o cão dando-lhe as boas-vindas e perguntou a ele se se estava tudo bem. Ele então a surpreendeu estendendo a pata para ela. Ao observar a pata do animal, Banu percebeu que estava sangrando devido a um corte profundo. O cão estava pedindo ajuda da farmacêutica que logo correu para ajudar o bichinho.

Ela se ajoelhou no chão e com muito carinho limpou a ferida da pata do animal com um antisséptico e, quando o sangue estancou, ela deu a ele um antibiótico para evitar uma infecção.

O cão se comportou como um bom paciente quando foi atendido e quando ela terminou de cuidar dele, se deitou no chão feliz como se estivesse agradecendo pelo cuidado dedicado a ele.
O cão ficou se recuperando o resto do dia deitado em uma caminha sob os cuidados e amor da farmacêutica amante dos animais.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Cláudia

Claudinha

Conheça ex-artistas mirins que cresceram e se assumiram homossexuais

Henrique Fogaça fala sobre polêmica foto, mas castigo chega à galope: ‘Quanto menos falar, melhor’