in

Pai e filha morrem afogados ao tentar entrar nos EUA, imagem viraliza e causa desespero

Arte / Diogo Marcondes (foto: Julia Le Duc)
Publicidade

O sonho americano pode se tornar pesadelo. Circula pelas redes sociais e por sites e jornais de todo o mundo: a imagem do pai e filha que morreram afogados tentando cruzar a fronteira dos Estados Unidos.

A imagem é forte e mostra o homem e a menina, de bruços, afogados. Nas redes sociais, milhares de internautas estão comentando a imagem e o drama vivido por milhares de pessoas que tentam migrar em todo o mundo, nos últimos anos.

Por conta de sua posição econômica e as oportunidades que pode oferecer, os Estados Unidos se tornam um destino cobiçado, mas é difícil entrar no país de Donald Trump.

Publicidade

Óscar Alberto Martínez Ramírez e a pequena Angie Valeria Martínez Ávalos, de apenas 1 ano e 11 meses, eram de El Salvador. Os dois dois morreram afogados ao tentar atravessar o Rio Grande, na divisa do México com os Estados Unidos.

Publicidade

“Eu disse a ele para não ir atrás do sonho americano, que não era fácil cruzar a fronteira pelo rio”, lamentou Rosa María Ramírez, mãe de Óscar e avó de Angie, em entrevista a um jornal de El Salvador.

Rosa afirmou que o filho viajou para juntar dinheiro para construir uma casa. Eles ficaram um tempo no México e depois viajaram para os Estados Unidos. Além do pai e da filha, a esposa Vanesa também estava junto.

Ela contou que Óscar atravessou com Angie Valeria, deixou a menina às margens do Rio do outro lado e voltou. O objetivo era atravessar com Vanesa. A menina, porém, pulou na água atrás do pai. Ele voltou para resgatá-la e a correnteza arrastou os dois.

A imagem que viralizou foi feita por Julia Le Duc, do The Guardian. A foto é muito forte e quem tiver curiosidade pode vê-la nas redes sociais – Facebook, Twitter e até Instagram.

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br