in

Homem sobrevive um mês preso em toca de urso: ‘ele me guardou como comida para o futuro’

Divulgação Unilad
Publicidade

Um homem foi resgatado após ser encontrado dentro de uma toca de um urso. O homem foi identificado pela imprensa local como Alexander e foi localizado graças aos cães de um grupo de caçadores que passavam próximo ao local. O fato foi registrado na República de Tuva, na Rússia.

Conforme relatado pela mídia russa, os cachorros pararam do lado de fora de uma caverna e começaram a latir sem parar. Apesar das ordens de seus donos, os cachorros se recusaram a sair do local. Diante dos fatos, os caçadores revolveram averiguar o que estava dentro da caverna.

Após uma inspeção dentro da toca, os caçadores descobriram o que, a princípio, parecia “uma múmia humana”, que começava a se decompor. Mas quando eles se aproximaram, encontraram um homem deitado no chão, que logo abriu seus olhos e se identificou como Alexander.

Publicidade

O homem já estava no local há cerca de um mês. Já no hospital, Alexander relatou com dificuldade o que lhe tinha acontecido, embora não conseguisse lembrar seu sobrenome ou sua idade.

Publicidade

“O urso me guardou como comida para o futuro“, disse o homem. De acordo com os médicos, o homem teve a coluna quebrada. Isso o impediu de se levantar e fugir após do animal sair do local. Alexander disse que bebeu sua própria urina para sobreviver.

Além disso, os médicos revelaram que a vítima apresentava ferimentos graves e tecido podre, pelo tempo que ele ficou deitado no chão sem se mexer. O local exato onde ocorreu ou o nome do hospital onde o homem se recupera de seus ferimentos graves não foram divulgados.

Segundo os especialistas, o comportamento do urso pardo também conhecido como urso euro-asiático. que atacou Alexander, não é surpreendente. Frequentemente esses animais caçam suas presas e esperam dias ou semanas antes de devorá-las.

Publicidade
Francisco Nunes

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional, e nas horas vagas escrevo para o site 1News.