in

Conheça 10 atrizes de novelas mexicanas que já morreram e pouca gente sabe

Televisa/Montagem Guti Muszynski
Publicidade

No Brasil, muitas pessoas se apaixonaram por tramas clássicas produzidas no México, após exibições da extinta TVS, do SBT e da CNT. Muitas das atrizes dessas tramas ficaram na lembrança do telespectador, mas infelizmente, algumas delas já faleceram.

Publicidade

Algumas dessas famosas eram jovens quando perderam a vida, vítimaa de algum mal súbito ou problema de saúde do qual tratavam há algum tempo.

Publicidade

Abaixo listamos dez dessas atrizes que fizeram sucesso em várias tramas, mas que já faleceram.

Elvira Teresa Eory Sidi

Elvira se tornou conhecida no Brasil por diversos trabalhos em novelas mexicanas exibidas pelo SBT, como Gotinha de Amor, A Usurpadora, Esmeralda e Maria do Bairro. Uma curiosidade interessante sobre a atriz é que ela nasceu no Irã, mas se erradicou no México, país em que viveu, participou de dezenas de novelas e filmes, e faleceu, em 2002, após passar vários meses com a mobilidade reduzida por conta de um edema cerebral.

Publicidade

Karla Álvarez

A atriz ganhou enorme fama com as novelas Maria Mercedes e como a vilã de A Mentira, trama em que atuou com Kate del Kastillo e Guy Ecker. Karla faleceu em 2013, aos 41 anos, após sofrer uma parada cardíaca, que teria sido decorrente de uma complicação de seu tratamento contra a bulimia e anorexia.

Evita Muñoz


Evita foi uma atriz e dubladora muito querida no México. Fez diversos filmes, peças de teatro, séries de TV e novelas. Dentre as novelas exibidas no Brasil estão Gotinha de Amor, Sempre te Amarei e Cuidado com o Anjo, em que interpretou a personagem Candinha, grande amiga da protagonista Malu. A atriz morreu em 2016, aos 79 anos, após sofrer uma parada cardíaca. Quando veio a óbito ela já estava internada há alguns dias para tratar uma pneumonia.

Libertad Lamarque de Bouza


A eterna vovó Piedade da novela A Usurpadora faleceu em 2000, quando a novela estava em seus últimos capítulos, motivo pelo qual a trama termina com uma outra atriz interpretando a avó de Carlos Daniel. Libertad tinha 92 anos e foi hospitalizada após um forte mal-estar. Dias depois não resistiu e faleceu.

Ninón Sevilla


Ninón integrou o elenco de várias novelas, incluindo algumas que ficaram populares no Brasil, como a Cacilda de A Usurpadora, e a Macarena de No Limite da Paixão. Em 2015, aos 85 anos, faleceu em decorrência de um infarto. A notícia de sua morte pegou muita gente de surpresa, já que ela estava internada, mas fez questão de avisar que está estava bem e fora de perigo. Horas depois do comunicado oficial, veio a óbito.

Meche Barba


A atriz e bailarina Meche Barba faleceu no ano 2000, quando tinha 77 anos, em decorrência de um enfisema pulmonar. Em sua carreira fez vários trabalhos para a TV e o cinema, como A Usurpadora, Rosalinda, Marimar e Maria do Bairro.

María Elena Velasco


A Maria da novela Coração Indomável, ou apenas Índia, como era conhecida popularmente na TV mexicana, faleceu em 2015 após complicações de um câncer no estômago.

Leonorilda Ochoa


A Dona Lola da novela Rubi faleceu em 2016, após uma parada cardiorrespiratória. O óbito ocorreu em decorrência de complicações de uma doença degenerativa que já havia tirado a atriz da TV há alguns anos.

Dolores Salomón


Dolores integrou o elenco de várias novelas de sucesso, como Rubi, Coração Indomável, Carinha de Anjo, Triunfo do Amor e A Feia Mais Bela. Em 2016 teve uma parada cardíaca e faleceu.

Edith González


A atriz faleceu em junho de 2019 após uma luta de quase três anos contra um câncer no ovário. No Brasil, ganhou fama com as novelas Mundo de Feras e Salomé. Também fez sucesso mundial protagonizando a trama da Telemundo, Eva la Trailera, em 2016.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades

Em carta, Flordelis fala pela 1ª vez após ser acusada de matar marido e dá detalhes reveladores

Sheherazade descobre pedido de demissão por apoiador de Bolsonaro; o que faz deixa todos perplexos