in

Turma da Mônica pode ter personagem gay, mas anúncio termina de forma trágica

Foto/Reprodução: O Buxixo Gospel

Recentemente, o nome do cartunista Maurício de Souza ficou no meio de uma polêmica. Ele, que está mais próximo do que nunca de um dos filhos, Mauro, anunciou que cogitava criar um personagem homossexual para a Turma da Mônica. 

A simples cogitação gerou críticas e até ataques homofóbicos, fazendo o anúncio terminar de forma terrível. Mauro utilizou suas redes sociais, por exemplo, para anunciar que não ia tolerar ataques homofóbicos. Ele, inclusive, divulgou uma mensagem de um dos internautas, que chama o filho de Maurício de Souza de “viadinho”. 

Filho de Maurício de Souza denuncia homofobia, após revelar personagem gay na Turma da Mônica

O produtor, que trabalha com o pai, confirmou que existe mesmo a possibilidade de existir um personagem homossexual. Em seguida, ele lembrou que, após a determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), homofobia era crime e fazer esse tipo de ofensas poderia dar até cadeia. 

Veja abaixo a publicação feita pelo filho de Maurício de Souza, na qual ele denuncia.

View this post on Instagram

Oi, seguiMores! Sabe… eu geralmente prefiro postar coisas legais e felizes, mas dessa vez, resolvi fazer esse post. Não para expor ninguém, mas para informar os mais desinformados. Em uma reportagem recente, eu comentei, sim, que havia planos de um personagem gay na Turma da Mônica e, por conta disso, o infrator fez o comentário homofóbico acima. A diferença entre ontem e hoje é que ontem ele era apenas mais um hater. Mas hoje, ele é um criminoso e pode ir para a cadeia. Não, eu não vou ficar calado. Não, eu nao quero mais aceitar que me chamem de “viadinho”. Só quem pode me chamar assim sou eu mesmo. E sim, a LBGTfobia agora, é crime. Beijos coloridos 😘🌈 #lovewins

A post shared by Mauro Sousa (@maurosousa) on

“A diferença entre ontem e hoje é que ontem ele era apenas mais um hater. Mas hoje, ele é um criminoso e pode ir para a cadeia. Não, eu não vou ficar calado. Não, eu não quero mais aceitar que me chamem de ‘viadinho’. Só quem pode me chamar assim sou eu mesmo. E sim, a LBGTfobia agora, é crime“, respondeu Mauro em sua rede social, falando sobre a polêmica da vez. 

O produtor é o oitavo filho de Mauricio de Sousa e foi a inspiração do pai para a criação do personagem Nimbus, que é uma criança. A revelação do suposto personagem gay foi criticada, em especial, através de grupos políticos e religiosos. 

Leia Também

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Next post

Chuva forte já deixou 7 mortos em Recife e a previsão é de mais temporal

Mara Maravilha detona Leo Dias e deixa fãs em choque: ‘Chovendo processos’