in

Isis fala sobre assassinato de Rhuan e diz o que muitos queriam, mas não tinham coragem

TV Globo / Veja / IG Isis Valverde / Fernando

A atriz Isis Valverde, que é considerada uma celebridade feminista (ela já apareceu publicamente utilizando frases que apoiam o movimento em suas roupas), surpreendeu nesta sexta-feira, 14 de junho, ao se pronunciar sobre a morte do menino Rhuan. Ele foi morto pelas mães lésbicas, que não aceitavam o fato dele ter nascido menino. Antes de matarem o garoto, as mães chegaram a cortar o órgão íntimo da criança. 

A atriz divulgou uma foto da criança e lembra que demorou bastante tempo para digerir até onde vai a maldade do ser humano. Em seguida, Isis Valverde conta que sentiu uma dor muito grande no peito e que sua alma está ferida ao saber desse crime tão bárbaro. A atriz da Globo ainda critica a forma como as mulheres lésbicas foram frias, ao narrarem como tiraram o órgão do garoto e, mais tarde, o assassinaram. 

Isis Valverde comenta morte do menino Rhuan

Ao falar do assunto, a atriz também divulgou um símbolo feminista, em que a criança aparece sangrando, simbolizando a morte dela. Veja abaixo um print da publicação feita por Isis Valverde, onde ela lamenta a morte do menino Rhuan e diz o que muitos queriam, mas não tinham coragem:

Veja abaixo o símbolo utilizado pela atriz, mostrando a identificação do feminismo com o assassinato do menino:

Religiosa, Isis fez pedidos espirituais no texto e exigiu que a justiça seja feita em torno deste crime. “Deus receba esta alma com todos os louvores dignos de um ser de luz e que os céus nos iluminem e nos livre de criaturas monstruosas como as que ele conheceu”, concluiu a atriz em sua rede social 

Leia Também

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Dieta do pepino: ótima dica para quem está precisando perder peso rapidamente

Galã da Globo compara eleitores de Bolsonaro a gado, mas sofre duras consequências