in

Carla Diaz aparece pela 1ª vez como Richthofen em filme e aparência choca: ‘Idênticas’

Hugo Gloss / TV Globo / Fernando

Em 2002, um caso criminal acabou chocando o país. Um casal rico foi encontrado morto em casa, em um bairro nobre da cidade de São Paulo. Não demoraria muito e a filha do casal,  Suzane von Richthofen, acabaria se tornando a principal suspeita. 17 anos após o crime que chocou o país, a história de Suzane e o crime que mexeu com a opinião pública vai virar filme. 

A obra é intitulada A Menina que Matou os pais, e aparece em um momento em que  Suzane von Richthofen, há quase 20 anos presa, tenta de vez o regime semiaberto. Atualmente, ela só tem autorizadas as famosas saidinhas de feriado. 

A escolhida para dar vida à  Suzane von Richthofen é a atriz Carla Dias, cujos últimos trabalhos foram novelas na Globo, como A Força do Querer. Nesta sexta-feia, 14 de junho, o portal de notícias Hugo Gloss mostrou a primeira foto de Carla vestida como a personagem e a aparência das duas impressionou. 

0Em anúncio no ano passado, o diretor do longa, Maurício Eça (“Apneia” e franquia “Carrossel”), afirmou que o filme será um “thriller psicológico de suspense”, com “detalhes e discussões nunca antes debatidos sobre o caso”. A ideia é abordar os motivos em torno do assassinato e retratar os acontecimentos que envolvem o crime e o julgamento de Suzane von Richthofen e Daniel Cravinhos.

Veja a primeira imagem que mostra Carla Diaz vestida como a presa mais famosa do país, conhecida por ter arquitetado a própria morte dos pais:

Nas redes sociais, a foto divulgada por Hugo recebeu comentários positivos. “Elas estão idênticas”, disse um dos internautas ao opinar sobre o polêmico filme. 

Leia Também

Escrito por Fernando B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.

Next post

Vídeo provando que Najila estava dopada promete agitar ainda mais o ‘caso Neymar’

Vídeos e fotos da Greve Geral em todo Brasil impressionam