Luto: jornalista morre em São Paulo, e país se despede; estava se recuperando de um infarto

Leia também

Bolsonaro volta a falar sobre pagamento da 4ª parcela do auxílio emergencial

Presidente confirmou durante live que haverá pagamento da quarta parcela do auxílio emergencial.

Em busca de recursos, Corinthians tenta vender atacante por R$ 15 milhões

Atacante pode sair do Corinthians definitivamente por cerca de R$ 15 milhões; dinheiro chegaria em bom momento para o Timão.

A nova namorada de Roberto Carlos está fazendo o ‘Rei’ rir de orelha a orelha

A nova namorada do cantor Roberto Carlos ainda não se sabe o nome. O que se sabe é que o Rei tem um novo amor.

Mulher de 27 anos vai se casar com empresário de 72 e prova que amor não tem idade: ‘Minha alma gêmea’

De acordo com a jovem, foi como os seus sonhos tivessem se tornado realidade.
Russel
Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br
Publicidade

Morreu na madrugada desta sexta-feira (14), aos 76 anos, o jornalista Clóvis Rossi, em São Paulo. Ele ficou um tempo internado no Hospital Albert Einstein, zona sul da capital paulista, até sexta-feira, dia 7, devido a um infarto sofrido. Ontem ele recebeu alta e foi para casa.

Clóvis Rossi estava se recuperando e a família toda acreditava que ele sairia dessa, mas começou a passar mal de madrugada, de acordo com o relato de sua filha, Cláudia e acabou falecendo.

Publicidade
Publicidade

Rossi nasceu em São Paulo no ano de 1943 e era repórter especial e também membro do conselho editorial do jornal Folha de S. Paulo, desde a década de 80 que ele estava na empresa, inclusive escrevia uma coluna às quintas e também aos domingos.

Publicidade

Recentemente ele usou sua colina para explicar o motivo de não ter postado nada no domingo, dia 9, alegando que sofreu um infarto e fez a angioplastia, tendo recebido um stent. Depois de alguns dias fez outra angioplastia e mais quatro stents precisaram ser colocados.

Publicidade

Rossi tinha mais de meio século de carreira e atuou em outros grandes veículos de comunicação, entre eles: Isto É, Autoesporte, Correio da Manhã, Jornal do Brasil, entre outros. Ganhou vários prêmios importantes ao longo de sua carreira e era muito elogiado por todos.

Também escreveu diversos livros, como ‘O que é jornalismo’ em 1980, ‘Militarismo na América Latina’ em 1990 e em 1999 lançou o ‘Enviado especial: 25 anos ao redor do mundo’. Rossi deixou a esposa Catarina Rossi, três filhos e três netos. No Twitter, seu nome está entre os assuntos mais comentados desta sexta-feira (14), onde amigos e fãs prestam suas últimas homenagens.