in

Conheça 10 fatos curiosos sobre o caso envolvendo Neymar e Najila

Getty Images/SBT/Montagem Notícias ao Minuto

O caso em que Neymar Junior é acusado pela modelo Najila Trindade de ter cometido abuso e agressão reúne vários fatos que talvez tenham passado despercebidos.

O jogador conta às autoridades policiais a sua versão dos fatos, mas somente após a conclusão do inquérito policial que um juiz poderá decidir se aceita ou não a denúncia contra Neymar, que prestou depoimento nesta quinta-feira, 13 de junho.

Abaixo listamos algumas curiosidades para melhor compreensão do que tem acontecido e que talvez nem todo mundo tenha prestado atenção.

Najila acusa Neymar

O boletim de ocorrência do caso afirma que no dia em que Najila se encontrou com Neymar, os dois trocaram carícias, mas que o ato sexual foi forçado pelo jogador. Dois dias depois da denúncia, Neymar divulgou um compilado de prints de conversas que teve com a moça, demonstrando que eles tiveram um envolvimento intimo por um período após o primeiro encontro.

Neymar ocultou ao máximo frases escritas por ele nos prints

O jogador mostrou conversas com Najila pelo WhatsApp, mas o que ficou nítido é que ele escondeu ao máximo as suas falas, dando a entender que da parte dele a conversa seria quase monossilábica, mas os prints divulgados por Najila mostram que ele interagia bem com ela. O Instagram tirou o vídeo de Neymar com os prints do ar por violar as diretrizes da rede social.

Para se defender da acusação, Neymar comete um crime

O jogador acabou cometendo o crime de divulgação de foto intima descrito na lei 13.718/2018, ao mostrar imagens e vídeos que Najila teria enviado para ele. Nas fotos que envolviam nudez, houve o cuidado em embaçar o rosto da vítima, entretanto, ele não fez isso com todas as imagens, permitindo que Najila fosse identificada por fãs, internautas, jornalistas e meios de comunicação.

Neymar passa a ser alvo de dois inquéritos policiais

Além da investigação pelo suposto estupro, o jogador agora é alvo de um inquérito por ter divulgado as imagens da vítima. Ainda que eventualmente ele seja inocentado da primeira acusação, nada impedirá que responda criminalmente e também no âmbito cível, por ter divulgado as imagens de Najila em seu perfil oficial do Instagram.

Pai de Neymar alega extorsão, mas não possui provas

O pai de Neymar declarou em entrevista ao programa Brasil Urgente, da Band, que os advogados de Najila marcaram um encontro com ele e seus advogados, ocasião em que foram extorquidos para que ela não o denunciasse para a polícia e a imprensa. Neymar pai afirma que apesar de ter testemunhas da visita dos advogados, não deixou uma câmera ligada para gravar a conversa, uma vez que não sabia do que se tratava o assunto.

Presidente Bolsonaro visita Neymar no hospital

Após o jogador se lesionar em um jogo do Brasil contra o Catar, Jair Bolsonaro, que se tornou conhecido quando deputado por defender a castração química para estupradores e a pena de morte, foi até o hospital desejar que Neymar se recupere logo, chegando a fazer uma publicação no Instagram. No começo de seu mandato, Bolsonaro se encontrou a portas fechadas com o pai do jogador e o ministro da economia para resolverem um problema tributário de Neymar.

Bolsonaro volta a defender Neymar

Durante sua visita a Argentina, o presidente do Brasil voltou a defender o jogador, alegando que a até o momento “Neymar é inocente” e que segundo viu no Conexão Repórter, de Roberto Cabrini, a modelo teria viajado com o intuito de ter relações com o jogador.

Tablet com imagens que comprometiam Neymar desaparece

Segundo Najila Trindade, o tablet em que se encontravam imagens que comprometeriam ainda mais o jogador, foi furtado. Até o momento, não se sabe onde está o dispositivo.

O que a lei diz sobre a denúncia de Najila

De acordo com o código penal, caso Najila tenha mentido na acusação, poderá responder criminalmente, mas não correrá o risco de ser presa, uma vez que pena para falsa comunicação de crime é de menor potencial ofensivo, prevendo até seis meses de detenção, ou seja, não cabe regime fechado, e por ser ré primária não há condenação com pena restritiva de liberdade. Já se a denúncia for verdadeira, Neymar pode ser condenado a até 10 anos de reclusão, ou seja, o inicio do cumprimento da pena é em regime fechado.

Em caso de dúvida, a palavra da vítima é prioridade

Casos de estupro, geralmente, não têm testemunhas ou vídeos, logo, a palavra da vítima tem muito valor durante um processo, podendo ocasionar, em junção com outros fatores, como documentos, laudos de corpo de delito e depoimentos, a condenação do acusado. No direito penal brasileiro, tanto o estupro tentado, quanto consumado, são punidos da mesma maneira com pena de 6 a 10 anos de reclusão, podendo chegar a 30 anos se o ato gerar a morte da vítima.

Leia Também

Next post

Conheça 11 famosas que optaram por não terem filhos

Luiz Bacci é atacado ao vivo pelo filho do assassino de Rafael Miguel