in

Vizinhos de Rafael Miguel falam sobre morte violenta do ator e seus pais

Metropoles

Neste último domingo (09), o Brasil ficou chocado com a morte do ator Rafael Miguel e seus pais. A polícia já descobriu que os três deram uma carona para a namorada dele e, chegando na casa da jovem, o pai dela estava armado. Ele atirou no ator e nos pais dele, matando os três e fugindo em seguida.

O crime chocou os moradores do bairro São Jorge, na zona sul de São Paulo; e os vizinhos tentam entender como alguém foi capaz de cometer tamanha crueldade só porque era contra o relacionamento da filha com Rafael.

Publicidade

A família do ator e de Isabela moram a pouco mais de dois quilômetros de distância e, próximos a esses endereços, os vizinhos estão com medo e poucos aceitam falar sobre o caso.

Uma moradora do local disse que todos estão em choque e que ela tem uma sensação estranha, pois nunca pensou que a violência fosse chegar tão perto deles.

Publicidade

Os pais de Rafael eram voluntários na Paróquia Nossa Senhora Aparecida, e a mãe do ator era responsável pela coordenação da Pastoral da Família. Os três foram à missa poucas horas antes de serem assassinados.

Um funcionário da paróquia disse que era uma ‘família de boa índole’ e que não mereciam ser assassinados desta forma. Um outro disse que eles foram à missa, como se estivessem se preparando para a morte.

Rafael morava com os pais e uma irmã de 13 anos, a jovem agora está morando com familiares. Ele tem uma outra irmã, que mora com o marido e a filha em Campinas, São Paulo.

A polícia ainda está atrás do pai de Isabela, suspeito de matar Rafael e seus pais.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br

Repórter faz pergunta polêmica sobre Moro a Bolsonaro, mas presidente dá resposta épica

Najila fala mal da Polícia, mas é castigada pela corporação, que dá duro castigo