Vazam mensagens de assassino de Yasmin, antes de esquartejá-la; até polícia está chocada

Leia também

Lembra da cantora do Xibom Bombom? 20 anos após sucesso, segure o queixo ao vê-la hoje

Ex-vocalista de As Meninas, Carla Cristina fala sobre quarentena e surpreende com aparência.

Super doador: homem tem 40 vezes mais anticorpos para o novo coronavírus

Ele ficou uma semana internado lutando contra a Covid-19 e agora pode ajudar muita gente.

Quarentena na Globo: demissões, contratações e um novo programa para Fernanda Gentil

Emissora apostou nas contratações dos ex-BBBs Babu Santana e Rafa Kalimann.

Youtuber famosa causa fúria na web ao devolver filho adotado: ‘como se fosse um pet’

Os seguidores acusaram a famosa de ter usado a criança para conseguir vantagens.
Fernando B
As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.
Publicidade

A morte da adolescente Yasmin da Silva Nery, de 16 anos, está mexendo com a região de Araraquara, em São Paulo. Ela foi morta por outro adolescente que, por ter apenas 17 anos, não pode ter o seu nome identificado. A adolescente foi esquartejada e as partes do corpo da menor foram espalhadas pela cidade. 

A polícia vazou nesta terça-feira, 11 de junho, o conteúdo dos diálogos do assassino de Yasmin antes do crime. Ele é descrito pelos investigadores como frio e calculista. De acordo com um portal que cobre o crime, a situação está chocando até a polícia, acostumada a cobrir as maiores atrocidades.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a polícia, Yasmin e seu assassino trocaram WhatsApp. Para ela, um momento romântico; para ele, a premeditação de um crime que tinha vontade de cometer. No depoimento, o jovem disse que matou Yasmin porque queria saber como é que era tirar a vida de alguém. Ele ainda garante que percebeu a fragilidade da moça durante um show e que, por isso, decidiu chamá-la à sua casa, onde o assassinato ocorreu. 

Publicidade

Veja abaixo algumas das mensagens publicadas por Yasmin antes do  seu assassinato; nelas, a jovem avisa que pode ser morta:

Publicidade

O celular do acusado foi apreendido, assim como seu notebook. A senha já foi descoberta: e a palavra é ‘killer’, assassino, em inglês. O aparelho de Yasmin ele jogou fora depois do crime. 

Agora, existe a expectativa para que imagens de câmeras de seguranças possam mostrar o trajeto de Yasmin até à sua morte. Em depoimento, o adolescente não explicou exatamente como levou Yasmin ao banheiro, onde já tinha escondido uma faca de açougueiro. Ele a golpeou até à morte.