in

Globo afasta mais uma repórter após ‘interesse pessoal’ em matéria sobre jogador

TV Globo
Publicidade

A Rede Globo está passando o pente fino. Depois de afastar Mauro Naves, na noite de quarta-feira, após envolvimento no caso Neymar, a emissora afastou uma repórter nesta quinta-feira (6).

Mauro Naves que está na Globo há 31 anos, passou o contato do pai do jogador para o primeiro advogado de defesa de Najila Trindade, a mulher que acusa Neymar de estupro. A Globo viu aí um motivo para afastá-lo.

Agora, a repórter Ana Helena Goebel foi afastada após fazer uma matéria sobre o volante Cuéllar, do Flamengo. Na reportagem, Ana Helena informa que o volante rubro-negro tem propostas da Europa e pode ter feito o último jogo pelo Flamengo no sábado, quando a equipe carioca enfrentou o Fortaleza.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Até aí não há nada demais. O problema é que a repórter é casada com Gianfranco Petruzziello. Para quem não está por dentro do mundo do futebol, Gianfranco é empresário de Cuellar.

A informação que se tem é que não há propostas oficiais por Cuéllar vindas da Europa. Ao produzir tal reportagem, Ana Helena é acusada de criar uma narrativa, de acordo com o jornalista Tiago Cordeiro, do blog Cronista Esportivo.

Em nota, a Globo explicou que afastou a repórter que estava escalada para a cobertura da Copa América, que será disputada no Brasil a partir do dia 14 de junho. “A repórter Ana Helena Goebel deixará a cobertura da Copa América até que tudo seja esclarecido”, afirmou a emissora.

Cuéllar segue no Flamengo. Na terça-feira, o Fla venceu o Corinthians por 1 a 0, no Maracanã, e avançou às quartas de final da Copa do Brasil.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!