in

Justiça condena Bolsonaro a pagar indenização à Maria do Rosário; veja o valor

Reprodução: Viomundo
Publicidade

Um caso ocorreu em 2014 e toma repercussão até os dias de hoje. A deputada federal Maria do Rosário entrou na Justiça contra o, na época, deputado Jair Messias Bolsonaro, por conta de uma ofensa proferida contra ela.

Publicidade

Bolsonaro disse que Maria não merecia ser estuprada porque era “muito feia” e não fazia o “tipo” dele. A repercussão foi grande e Maria conseguiu uma vitória na Justiça, inclusive comemorada em um vídeo postado nas suas redes sociais, no qual ela denomina o fato como “vitória importante“.

Publicidade

Hoje, Bolsonaro é presidente da República e havia se tornado réu no Supremo Tribunal Federal (STF), mas a ação foi suspensa porque, como chefe do Executivo Federal, ele não pode responder por fatos anteriores ao mandato.

Mesmo tendo a ação suspensa no STF, Bolsonaro acabou sendo condenado pela juíza Tatiana Medina, da 18° Vara Cível de Brasília. O presidente terá que pagar, em até 15 dias úteis, o valor de R$ 10 mil para a deputada federal Maria do Rosário. A condenação se baseou em danos morais.

Publicidade

Após receber a indenização, a deputada Maria do Rosário terá cinco dias para informar à Justiça e o processo será encerrado. Vale ressaltar que boa parte da popularidade do atual presidente veio por conta deste caso.

Bolsonaro e Maria do Rosário sempre traçaram uma rivalidade muito grande na Câmara dos Deputados. O atual presidente é ativista em pautas que vão contra o estatuto do Partido dos Trabalhadores (PT), o qual Maria do Rosário está integrada e hoje é atuante contra a aprovação da Reforma da Previdência.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.