in

Feito de Cristiano Ronaldo analisado na Itália: ‘não merecia’

GiveMeSport
Publicidade

Cristiano Ronaldo foi escolhido como o MVP da Liga italiana, ou seja, o melhor jogador do campeonato. O astro português, de 34 anos de idade, já recebeu seu prêmio, na última partida da Juve, em Turim, e se mostrou muito satisfeito coma  distinção. Ronaldo até postou na mídia social que estava muito orgulhoso por conseguir ganhar esse prêmio de melhor da temporada em três Ligas diferentes. Porém, a atribuição desse prêmio está sendo muito contestada e são muitos os que consideram que Ronaldo não merecia.  

Outras premiações 

A Liga italiana atribuiu os prêmios para aqueles que teriam sido os melhores da temporada, no futebol italiano. Portanto, Ronaldo levou o prêmio do jogador mais importante e mais valioso da Liga, em seu ano de estreia com a camisa ‘bianconera’.  

Publicidade

O melhor jogador jovem foi Nicolo Zaniolo, a jovem estrela da Roma, e uma das grandes revelações da Europa. O italiano de 19 anos de idade ficou na frente de outras revelações, como Federico Chiesa, da Fiorentina, e Moise Kean, também da Juventus.  

Publicidade

O melhor goleiro foi Samir Handanovic, da Inter de Milão, ficando na frente do polonês da Juve, Wojciech Szczesny, um prêmio que seria merecido por qualquer um dos dois excelentes goleiros. Também não houve discussão sobre o defensor, com Kalidou Koulibaly sendo escolhido sem surpresa. O zagueiro do Nápoles ficou na frente de Škriniar ou Chiellini.  

No meio-campo também houve alguma discordância. Sergej Milinkovic-Savic foi escolhido o melhor meia, mas muitas pessoas consideram que a estrela ficou muito abaixo do esperado, essa temporada. Jogadores como Josip Ilicic, Miralem Pjanic ou Allan  teriam merecido mais, segundo o site Don Balón.  

Cristiano o melhor jogador da temporada 

Finalmente, o prêmio para melhor atacante foi para Fabio Quagliarella. O atacante da Sampdoria é o artilheiro da Liga, com 26 gols e oito assistências. Aos 36 anos de idade, o italiano superou na artilharia Piatek e Zapata, os dois com 22 gols.  

Fora do pódio fica Cristiano Ronaldo, com 21 gols. Apesar de isso, e de ele ter perdido o prêmio de melhor atacante, ainda assim, ele levou o prêmio de melhor jogador, o que para muitas pessoas foi injusto. “Ele não merecia” ou “Mais um sinal de que o nome pesa muito” são alguns dos comentários de pessoas que reprovam essa distinção, segundo o site Don Balón.

Publicidade